quarta-feira, 30 de março de 2016

Aprovada a venda do Memorial São José no Recife

Cade analisou que aquisição da RedeD’Or não vai gerar riscos à livre concorrência




Paullo Allmeida/Arquivo Folha
Hospital foi fundado em 1989, pelo grupo Fernandes Vieira

Ventilada desde outubro passado, a venda do Hospital Memorial São José vai sair do papel. A operação estava sob análise do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), que temia prejudicar a livre concorrência do mercado local de saúde suplementar ao transferir mais leitos para a Rede D’Or; mas foi aprovada sem restrições pelo superintendente-geral do Cade, Eduardo Frade Rodrigues.

Em nota técnica, o Cade explicou que, após dois meses de estudos, percebeu que a compra do complexo hospitalar não geraria risco de fechamento de mercados pela Rede D’Or. “A participação da Rede D’Or nos referidos mercados não suscitam preocupações concorrenciais quando analisada a integração vertical entre os mesmos, haja vista que em ambos ainda remanesce um amplo espectro de concorrentes (demandantes e fornecedores de serviços) à disposição dos concorrentes”, diz o documento, que logo depois estima em 20 a 30% a participação da companhia no mercado. O restante das operações estaria distribuído em unidades como o Real Hospital Português, a Unimed Recife e o Hospital Santa Joana.

No Grande Recife, a Rede D’Or já responde pelos hospitais São Marcos, Esperança e Esperança Olinda. Agora, também vai assumir os 155 leitos e o complexo de diagnóstico do Memorial São José. Segundo o Cade, o processo trata da aquisição de “participações societárias nas seguintes empresas do Grupo Fernandes Vieira (“GFV”): Hospital Memorial São José; NEOH - MEMORIAL Núcleo Especializado em Oncologia e Hematologia LTDA. (“Neoh”); Maximagem - Diagnóstico por Imagem LTDA. (“Maximagem”); Memorial Imagem e Diagnóstico LTDA. (“Mediax”); e HEMATO - Serviços de Hemoterapia LTDA. (“Hemato”).

Por nota, a Rede D’Or confirmou a aquisição do complexo hospitalar, fundando em 1989 pelo Grupo Fernandes Vieira. Segundo o comunicado, o negócio faz parte do projeto de expansão da companhia, que pretende atingir a marca de oito mil leitos no Brasil até 2020. Fundada em 1977, a rede também está presente no Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal com 4,9 mil leitos em 31 hospitais - 11 dessas unidades foram adquiridas entre 2010 e 2011. A companhia ainda está com mais dois hospitais em construção.

Fernandes Vieira
O Hospital Memorial São José foi fundado em 1989 pelo grupo pernambucano Fernandes Vieira, que há dois meses também vendeu as ações do Hospital Santa Joana. A unidade foi fundida à Empresa de Serviços Hospitalares (Esho), que pertence ao grupo norte-americano UnitedHealth. Por meio da assessoria de comunicação, o Grupo Fernandes Vieira disse que não iria se pronunciar sobre a fusão do Memorial com a Rede D’or.

Da Folha de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário