sábado, 26 de março de 2016

Em Noronha, projeto promete resgatar patrimônio histórico

Com data prevista para 31 de março, programa composto por estudantes do ensino médio vai promover interação entre os moradores da ilha

Nathan Santos/LeiaJáImagens/Arquivo Praia do Sancho, em Fernando de Noronha Nathan Santos/LeiaJáImagens/Arquivo

No dia 31 de março, será lançado o projeto Agentes Mirins do Arquipélago, em Fernando de Noronha. O programa vai beneficiar estudantes com idades de 13 a 17 anos e tem o objetivo de valorizar o patrimônio histórico da ilha. Resgatar o patrimônio histórico e as tradições locais é a principal missão do projeto.

O público será composto por estudantes matriculados nos ensinos fundamental e médio. Eles vão participar de oficinas com temas que abordam assuntos como Educação Patrimonial, Direitos e Deveres, Educação Ambiental e Desinibição, além de debates, visitas e estágios. 

Ao termino do programa, os participantes realizam uma exposição na escola para apresentar o resultado do trabalho. O projeto visa beneficiar mais de 100 pessoas, contando com interação entre empresários e instituições publicas e privadas.  

O projeto é desenvolvido e realizado pelo Centro de Pesquisa Histórica e Cultural de Fernando de Noronha (Cepehc), e tem o patrocínio do Programa Caixa de Apoio ao Patrimônio Cultural Brasileiro 2016, com um investimento de R$ 134 mil. A solenidade de lançamento acontece na escola Arquipélago, a partir das 10h.


por Danilo Mensil

Nenhum comentário:

Postar um comentário