segunda-feira, 21 de março de 2016

Escola de Jaboatão comemora Dia da Água com Estação de Tratamento de Esgoto

Escola Municipal José Rodovalho, em Jaboatão dos Guararapes, é a primeira do Estado com o equipamento sanitário que proporciona reuso de água

Na próxima terça-feira (22), Dia Mundial da Água, os cerca de 600 alunos da Escola Municipal José Rodovalho, em Jaboatão dos Guararapes, tem um motivo especial para comemorar a data: a instituição de ensino é a primeira do Estado a ganhar uma Estação de Tratamento de Água e Esgoto (ETE).
O equipamento sanitário foi implantado pela Concessionária Rota do Atlântico como parte do Projeto Renovando Nossa Escola, que visa potencializar o aprendizado através de requalificações físicas em escolas, com demandas identificadas pela própria comunidade, que, além da ETE, incluem uma nova sala para Educação Infantil, parque infantil, área de convivência, horta, novo acesso e estacionamento.
Para que a comunidade escolar entenda o funcionamento e importância da estação de tratamento, paralelamente à instalação é realizado um trabalho pedagógico que envolve a realização de oficinas, palestras e atividades lúdicas sobre o tema. 
A temática será abordada durante o Dia Mundial da Água, quando os alunos da José Rodovalho recebem uma programação especial realizada pela Rota do Atlântico, em parceria com a Odebrecht Ambiental, com apoio da Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes. Vídeos, jogos e roda de conversa fazem parte das ações, adequadas às séries dos estudantes. A partir das 10h, os alunos, sob orientação do professor de artes, farão a grafitagem no biodigestor da ETE com desenhos que representem a importância da água.
TECNOLOGIA - A ETE possui uma tecnologia de reuso de  água denominada de Biorreatores de Membranas. O processo consiste na integração da separação por membranas em sistemas convencionais de iodos ativos, que garantem uma eficácia maior ao tratamento. O efluente final já sai do sistema desinfectado e pode ser reutilizado como água para irrigação, lavagem de piso, bacias sanitárias e também para estudos científicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário