sábado, 26 de março de 2016

Espetáculo da 'Paixão de Cristo' em Fazenda Nova atrai dez mil pessoas na Sexta-feira Santa

Evento é realizado há 49 anos em Brejo da Madre de Deus, Agreste de PE.
Cerca de 40 mil pessoas passaram pela cidade-teatro desde a abertura.

Encenação da Paixão de Cristo é realizada há 49 anos em Nova Jerusalém (Foto: Kamylla Lima/G1)

Encenação da Paixão de Cristo é realizada há 49 anos em Nova Jerusalém (Foto: Kamylla Lima/G1)

Pelo menos 40 mil pessoas passaram pela cidade-teatro de Nova Jerusalém, no Agreste de Pernambuco, desde o sábado (19). A organização da "Paixão de Cristo" informou que o maior público da Semana Santa deste ano foi registrado nesta sexta-feira (25): dez mil pessoas. Na abertura, o público foi de oito mil.
No dia mais concorrido durante a Semana Santa, os atores ficaram mais de três horas em cena. O espetáculo itinerante não deixou a desejar para quem ansiava por emoção. A encenação é realizada há 49 anos no distrito de Fazenda Nova, no município de Brejo da Madre de Deus. A morte e ressurreição de Cristo é contada em onze cenas que passam por nove palcos-plateia.
Muitos turistas reservaram a Sexta-feira Santa para assistir a encenação. Vera Lúcia Travassos, de 65 anos, voltou a assistir o espetáculo após 40 anos. "Eu vim quando tinha vinte e poucos anos. Estava tudo diferente. Hoje trouxe minha filha, que está assistindo pela primeira vez", contou a advogada que veio de Salvador, na Bahia. Com dificuldade para andar, ela optou por assistir a "Paixão de Cristo" da cadeira de rodas - a filha, Isis Travassos , de 29 anos, sentou no chão para acompanhar a mãe.

Igor Rickli interpreta Jesus Cristo na Paixão de Cristo, pelo segundo ano consecutivo (Foto: Kamylla Lima/G1)

Igor Rickli interpreta Jesus Cristo na Paixão de Cristo, pelo segundo ano consecutivo (Foto: Kamylla Lima/G1)

José Olavo de Freitas, 53 anos, saiu de Fortaleza, no Ceará, para espetáculo pela décima primeira vez. O pintor disse que sempre escolhe a Sexta-feira Santa para ir à cidade-teatro. "É o dia mais sagrado. É uma tradição da minha família já. Todos os anos trago a minha filha, este ano só não veio a minha esposa. É costumeiro não comer carne e assistir a 'Paixão de Cristo'". A autônoma Célia Fernandes, de 59 anos, também veio de Fortaleza, e afirmou que é importante assistir ao espetáculo porque, segundo ela, "é quando revivemos a morte de quem nos deu a vida, é um dia santo".

Espetáculo da Paixão de Cristo tem cerca de três horas de duração (Foto: Kamylla Lima/G1)

Espetáculo mostra Jesus ajudando mulher adúltera
(Foto: Kamylla Lima/G1)

Para mostrar ao filho Benício a beleza do espetáculo, a fisioterapeuta Vanessa Melo, de 35 anos, segurou o menino nos braços durante todo o espetáculo. Ela levou o garoto para assistir a encenação pela primeira vez e contou que não se arrependeu de tê-lo levado, apesar do cansaço. "Eu venho todo ano e quis mostrar para ele como é bonita Nova Jerusalém e o espetáculo da Paixão", disse.

Elenco
Compuseram o elenco este ano Igor Rickli (Jesus); Bianca Rinaldi (Maria); Fiuk (apóstolo João); Caroline Correa (Maria Madalena); Odilon Wagner (Pilatos) e Antonio Calloni (Herodes). Também estarão em cena os pernambucanos Ricardo Mourão (Caifás) e José Barbosa (Judas). Ao todo, são 50 atores do elenco principal e 400 figurantes.


Kamylla Lima
Do G1 Caruaru, em Brejo da Madre de Deus

Nenhum comentário:

Postar um comentário