quinta-feira, 3 de março de 2016

Estrangeiro pode ter 100% de capital em aéreas nacionais


Aviação , O ministro da Aviação, Guilherme Ramalho, e o diretor-presidente da Anac,  Marcelo Guaranys (foto divulgação: Elio Sales/SAC-PR)

O ministro da Aviação, Guilherme Ramalho, e o diretor-presidente da Anac, Marcelo Guaranys (foto divulgação: Elio Sales/SAC-PR)

O diretor-presidente da Anac, Marcelo Guaranys, lembrou durante uma coletiva de imprensa, que a MP 714, que autoriza o aumento de 20% para 49% da participação do capital estrangeiro votante nas companhias aéreas brasileiras, também permite outro tipo de negócio.

A medida autoriza a possibilidade de negociação de acordos de reciprocidade que permitam que empresas estrangeiras tenham até 100% do capital de uma aérea brasileira, desde que uma companhia brasileira possa também adquirir 100% de uma aérea naquele País.

"A MP abriu essa possibilidade, mas só agora poderemos começar a negociar esse tipo de acordo", explicou o diretor da Anac.

Nenhum comentário:

Postar um comentário