segunda-feira, 28 de março de 2016

Fuja das ciladas dos bancos

untitleddi

Foto “business vulture”, Shutterstock.

(*)Por Bruna Bessi, jornalista e responsável pelas mídias digitais do Criando Riqueza, nosso parceiro de conteúdo.

Quem investe quer ganhar dinheiro, certo? Claro. Mas você já deve ter percebido que não é na poupança que a multiplicação do dinheiro vai acontecer. E digo isso por que para ganhar realmente dinheiro é preciso estudar e ter planejamento.

Engana-se, entretanto, quem acredita que basta conversar com o gerente do banco para que tudo se resolva. Ele até pode ajudar, mas lembre-se de que trabalha para o banco e tem metas a cumprir.

A saída é aprender você mesmo a investir e a ficar mais rico a cada dia. Sei que isso não acontece da noite para o dia, mas tudo deve ter um começo. Será necessário ler bastante a respeito e compreender a sua situação financeira antes de decidir qual o melhor caminho.

O primeiro passo é aprender a ter uma conversa de igual para igual com seu gerente de banco, não apenas para se proteger, mas para aprender a avaliar quais produtos realmente são bons para ajudar no crescimento do seu patrimônio. E nós preparamos um relatório detalhado para você, ensinando os principais pontos. Abaixo um resumo breve de alguns pontos abordados.

Conheça o que o gerente vai lhe vender

Algumas aplicações muito oferecidas pelos gerentes são verdadeiros micos e devem ser evitadas a qualquer custo. Descrevemos aqui 3 delas para que você fique de olho:


1. Títulos de (des) capitalização
Acredite, o título de capitalização é o pior investimento que você pode fazer. E digo isso porque trata-se de um verdadeiro jogo de azar, ou melhor, uma mistura de bolão com loteria.
Bolão porque uma parte de seu dinheiro será usada para pagar pela administração do dinheiro de todos que compraram os títulos e uma parte será usada para premiar o sorteado. Loteria por causa dos sorteios.

2. Previdência Privada
Os planos de previdência também têm pegadinhas a serem evitadas. Eles têm custos maiores do que outros tipos de aplicações, pois têm altas taxas de administração e estão entre os produtos que dão maiores lucros para os bancos.
Tais planos são interessantes apenas para alguns casos específicos, mas são vendidos pelos bancos como se fossem bons para todos os clientes. Na verdade, quanto mais dinheiro você aplica, maior a rentabilidade. No entanto, mesmo quem tem mais de R$ 500 mil para investir em um plano de previdência não tem acumulado bons retornos.

3. Poupança
Abrir uma conta poupança é, muitas vezes, a primeira decisão dos investidores iniciantes. O investimento tem baixo risco e fácil aplicação, mas os rendimentos atualmente têm sido inferiores a 8% ao ano.

E isso deve ser levado em conta na hora de investir seu dinheiro. Entenda que o rendimento será insuficiente para compensar a inflação (mais de 10% ao ano) e não proporcionará lucro algum para os investidores (mas sim, perdas).

No relatório que mencionei, exploramos em mais detalhes estes itens e também outros, como os CDB, as LCI e as LCA.

O produto que o banco deveria oferecer

Existe um produto que o banco deveria de te oferecer, de baixo risco, com liquidez (possibilidade de resgate) diária, e que rende mais do que a poupança e também que a inflação, mas não o faz. Você precisa conhecer este investimento e incluí-lo na sua rotina de investimentos. Também tratamos mais disso em nosso relatório detalhado.


Faça as perguntas certas para o seu gerente

Você sabe conduzir bem a conversa com seu gerente do banco para obter o máximo de informações? Perguntas como:
Quais seriam outras opções de investimentos para o meu perfil? Gostaria de entender as comparações.
Quanto custa a aplicação? Ou: você pode listar todas as taxas que me serão cobradas caso eu faça a aplicação?
Como funciona o pagamento de impostos? Quais são os impostos e qual a vantagem desse produto em relação a outras aplicações, no que diz respeito aos impostos?
Explicamos no relatório mais detalhes sobre estas e algumas outras perguntas-chave que você precisa fazer durante a conversa.

A melhor pessoa para cuidar dos seus investimentos: você!
Começar a investir não deve ser algo que traga medo. É preciso ter confiança para ganhar dinheiro. Lembre-se sempre de que construir riqueza depende apenas de você! Ninguém vai cuidar tão bem do seu dinheiro quanto você.

Portanto, não deixe de conferir o relatório que criamos para você, cujo nome é “Invista por conta própria e comece a criar riqueza” (clique aqui para ver as instruções de acesso – é gratuito).

Bons investimentos e até a próxima!

Nota: Esta coluna é mantida pela Empiricus, que contribui para que os leitores do Dinheirama possam ter acesso a conteúdo gratuito de qualidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário