quinta-feira, 3 de março de 2016

Google se une à Unicef para lutar contra expansão do zika vírus

Equipe de engenheiros, designers e cientistas ajudará a Unicef a criar uma plataforma que permita analisar dados provenientes de múltiplas fontes e prever eventuais epidemias

O milhão de dólares doado à Unicef deve permitir lutar contra o Aedes aegypti / Foto: AFP

O milhão de dólares doado à Unicef deve permitir lutar contra o Aedes aegypti

Foto: AFP

O gigante americano Google anunciou nesta quinta-feira (3) que uniu suas forças com a Unicef para frear a expansão do zika vírus e entregou ao organismo da ONU um milhão de dólares com o objetivo de apoiar o trabalho em terra.


Uma equipe de engenheiros, designers e cientistas do Google ajudará a Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) a criar uma plataforma informática que permita analisar os dados provenientes das múltiplas fontes e prever eventuais epidemias, explicou a diretora do setor beneficente do grupo.

"O objetivo desta plataforma colaborativa é identificar o risco de transmissão do zika vírus em diferentes regiões e ajudar a Unicef, os governos e as ONGs a decidir onde e como concentrar os esforços a tempo", declarou em um blog a diretora do Google.org, Jacqueline Fuller.

"Este conjunto de instrumentos foi pensado para dar uma resposta ao zika, mas também poderá ser aplicado a futuras emergências", acrescentou.

O milhão de dólares doado à Unicef deve permitir lutar contra o Aedes aegypti, o mosquito responsável pela transmissão do vírus que atinge a América Latina, disse a executiva do Google.

Também deve servir para desenvolver diagnósticos, vacinas e políticas de prevenção, acrescentou Fuller.


Ao mesmo tempo, o Google espera coletar entre seus funcionários a soma de 500.000 dólares destinados à Unicef e à Organização Pan-Americana da Saúde (OPS).

Da AFP

Nenhum comentário:

Postar um comentário