segunda-feira, 14 de março de 2016

Jornal alemão compara cenário político do Brasil com a série House of Cards

"Por estes dias, é difícil entender por que ainda há pessoas que se interessam por House of Cards. Elas não acompanham as notícias da política brasileira?", questionou o jornalista Thomas Fischermann

House of Cards traz Kevin Spacey como o ambicioso político Francis Underwood, que é implacável em sua busca pelo poder / Foto: Reprodução

House of Cards traz Kevin Spacey como o ambicioso político Francis Underwood, que é implacável em sua busca pelo poder

Foto: Reprodução

Do JC Online

Uma reportagem publicada pelo jornal alemão Die Zeit no sábado (12) compara a situação política do Brasil com a séria americana House of Cards. Segundo o correspondente do jornal no Rio de Janeiro, Thomas Fischermann, a crise política brasileira supera as ações do inescrupuloso político Frank Underwood para se manter no poder.


"Por estes dias, é difícil entender por que ainda há pessoas que se interessam por House of Cards. Elas não acompanham as notícias da política brasileira?", questionou o jornalista.
O jornal afirma que a oposição tenta encerrar o governo da presidente Dilma Rousseff desde a eleição de 2015 e incriminá-la na Operação Lava Jato, mas de acordo com o Die Zeit, "Dilma não tinha nada a ver com o escândalo de corrupção".

"Há um promotor que quer meter na cadeia um ex-presidente, cuja metade de sua equipe já está atrás das grades. Um presidente parlamentar que teria colocado milhões em propinas em contas na Suíça, mas que, mesmo assim, continua no cargo e, com acusações de corrupção, quer afastar outros políticos do poder. E há protestos nas ruas, nos quais pessoas pedem o retorno da ditadura militar. Elas dizem: num sistema político falido como esse, qual a diferença?", diz a reportagem.

As ações contra o ex-presidente Lula também são citadas. A reportagem lembrou o polêmico pedido de prisão preventiva feito por promotores do Ministério Público de São Paulo, onde há uma referência equivocada a "Marx e Hegel".

"Intriga como House of Cards", diz o título

HOUSE OF CARDS- A série do serviço de streaming Netflix traz Kevin Spacey como o ambicioso político Francis Underwood, um congressista inescrupuloso que é implacável em sua busca pelo poder. O drama norte-americano  conquistou grande popularidade graças aos movimentos políticos de Underwood para chegar até a presidência dos Estados Unidos.

Sua capacidade para chantagear os congressistas e seu conhecimento do lado obscuro da política ameaçam a estabilidade dos EUA e a relação com seus aliados estrangeiros. A seu lado está sua fiel esposa Claire, interpretada por Robin Wright, uma mulher tão calculista e inteligente como ele.




Do JC Online 

Nenhum comentário:

Postar um comentário