terça-feira, 29 de março de 2016

Nova 'universidade' do MEC oferece mais de 100 mil vagas

Oportunidades são destinadas para docentes efetivos das escolas públicas que não atuam nas suas áreas de ensino

Pedro Ribas/ANPr Brasil tem quase 710 mil docentes efetivos Pedro Ribas/ANPr

Uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) promete incentivar a qualificação dos professores brasileiros. O ministro Aloizio Mercadante divulgou, nessa segunda-feira (28), em Brasília, que serão oferecidas 105 mil vagas para a formação de docentes efetivos das escolas públicas, direcionadas para os trabalhadores que não atuam nas suas áreas de ensino. As oportunidades pertencem à Rede Universidade do Professor, mais novo projeto no âmbito da educação do Brasil.

De acordo com o MEC, as vagas já são para o segundo semestre deste ano. Do total de oportunidades, 24 mil são presenciais e aplicadas em universidades e institutos federais, enquanto 81 mil vagas pertencem à modalidade de educação a distância, através da Universidade Aberta Brasil. Entre os objetivos da Rede Universidade está diminuir o número de professores que lecionam disciplinas sem a devida formação.

Dados do Censo Escolar 2015 apontam que, dos quase 710 mil docentes efetivos que lecionam nos anos finais do ensino fundamental e no nível médio, um total de 374.829  necessita complementar a formação superior. No geral, de acordo com o MEC, esses trabalhadores não têm a licenciatura nas disciplinas que conduzem ou não possuem o grau de bacharel no segmento.

“Não há como melhorar a qualidade da educação no Brasil se nós não resolvermos esta questão da formação. O que mais vai motivar é se a carreira docente valorizar esta formação específica. Este é o ponto mais estratégico para melhorar a qualidade da educação”, declarou o ministro Aloizio Mercadante, conforme informações do MEC.

As inscrições para o programa poderão ser feitas através da Plataforma Freire, do dia 5 de abril a 5 de maio. Após o processo de candidatura, as secretarias de educação, tanto estaduais quanto municipais, terão o período que vai de 6 de maio a 6 de junho para validar as inscrições dos professores. Segundo o MEC, até 30 de junho o resultado será divulgado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário