quinta-feira, 24 de março de 2016

Prefeito apresenta Transforma Recife para representantes de cinco países

img_alt

O projeto, que é o primeiro no Brasil capitaneado por uma gestão pública, foi, a convite do Consulado Americano, apresentado para representantes de cinco consulados na tarde desta quarta (23). (Foto: Andréa Rêgo Barros/PCVR)


A Prefeitura do Recife está levando a iniciativa que promove solidariedade no Recife para o mundo. Na tarde desta quarta-feira (23), o prefeito Geraldo Julio e o coordenador do programa Transforma Recife, Fábio Silva, apresentaram  o programa implantado pioneiramente por uma gestão pública no Brasil, a cinco consulados. O convite e a articulação foram feitos pelo Consulado Americano, que recebeu a Prefeitura do Recife e os demais consulados na Associação Brasil América, no bairro dos Aflitos, para ouvir sobre o alcance da iniciativa que tem transformado o Recife na Capital da Solidariedade.


"O Transforma Recife já tinha chegado a Campinas e Petrópolis, outras cidades do Brasil, e agora esse intercâmbio com o corpo consular. Vamos aprender muito com esta troca, com as experiências internacionais,  e quem sabe também disponibilizar nossa ferramenta para cadastrar o maior número de pessoas possíveis", afirmou o prefeito Geraldo Julio, sobre o projeto que serviu de exemplo para cidades como Petrópolis (RJ), onde a plataforma foi implantada em dezembro de 2015; e em Campinas (SP), que passou a utilizar a ferramenta em janeiro de 2016.
"Vamos aprender muito com esta troca, com as experiências internacionais, e quem sabe também disponibilizar nossa ferramenta para cadastrar o maior número de pessoas possíveis".
O momento  também foi importante para que a comunidade internacional conhecesse como funciona essa parceria do setor público com o terceiro setor, e que tem disseminado essa ideia para além do Recife, com o objetivo de servir de exemplo para seus países. Além disso, a reunião - que contou com representantes do Japão, Alemanha, Argentina, Estados Unidos e Grã Betanha -  foi uma oportunidade de escutar como esses países desenvolvem ações através do trabalho voluntário e filantropia em suas nações.

"Foi muito bom ver como está sendo feito esse tipo de ação aqui no Recife. Esperamos contribuir o máximo possível, com a troca de experiências e o compartilhamento de informações, e assim poderemos chegar a novas ações que podem ser desenvolvidas aqui, considerando as especificidades do Brasil e de Recife", declarou o cônsul americano, Richard Reiter.

A plataforma digital Transforma Recife, foi a  primeira no Brasil lançada por uma prefeitura, e funciona como um site voltado para a causa humanitária através do voluntariado, como uma espécie de rede social, cruzando perfis de interesse, incluindo preferências de atuação, localização, horários e causa ideal, com as diversas oportunidades de voluntariado e entidades que precisam da força do trabalho voluntário nas áreas disponíveis. No fim do mês, o projeto, que já reúne 390 entidades e 68 mil voluntários cadastrados, completa um ano de funcionamento.


Saiba mais sobre o Transforma Recife

Nenhum comentário:

Postar um comentário