segunda-feira, 21 de março de 2016

Prefeitura do Recife adere à plataforma Colab.re

img_alt

Termo de adesão foi assinado pelo prefeito Geraldo Julio nesta segunda-feira (21). Com isso, a gestão municipal responderá oficialmente às demandas do aplicativo. (Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR)

O Recife aderiu oficialmente à plataforma Colab.re, ferramenta de participação social em que o cidadão apresenta demandas do município para serem solucionadas pela prefeitura. O termo de adesão foi assinado na manhã desta segunda-feira (21) pelo prefeito Geraldo Julio e representantes do aplicativo. Após levantamento dos canais de respostas por parte dos técnicos da plataforma e estruturação dentro do executivo municipal, os cerca de 10 mil usuários recifenses do Colab.re vão ter suas postagens respondidas diretamente pela gestão municipal, através dos órgãos responsáveis por cada solicitação. A versão utilizada pela Prefeitura do Recife será a mais moderna do aplicativo.
O Colab.re é uma ferramenta de gestão e instrumento de participação social, onde o usuário cadastra uma demanda e o órgão oficial responsável por ela responde. O prefeito Geraldo Julio destacou a importância da Prefeitura do Recife em aderir à plataforma, promovendo mais um canal de acesso direto entre o cidadão e a prefeitura, uma marca dessa gestão. “A plataforma nasceu por iniciativa da própria sociedade em querer participar e influenciar na administração pública. É importante que a gestão pública esteja sintonizada com a sociedade. É uma janela importante para o cidadão se comunicar, participar, reivindicar e levar sugestões para a Prefeitura”, explicou. 
A plataforma completa três anos de existência esta semana e já possui aproximadamente 100 prefeituras de todo o Brasil cadastradas. As conversas entre o Colab.re e a gestão municipal foram intensificadas no final do ano passado para a adesão. A PCR já entra na versão mais moderna do aplicativo, que pode ser utilizado em celulares com sistema Android, IOS ou através do site www.colab.re. Atualmente existem mais de 150 mil usuários cadastrados em todo o Brasil, sendo 10 mil somente no Recife. Uma das áreas prioritárias para a Prefeitura do Recife no Colab será a Saúde. Através do aplicativo, será possível realizar várias ações no combate ao mosquito Aedes aegypti, causador da dengue, chikungunya e zika.
“O Colab foi pensado e criado no Recife, e hoje é um dia muito importante para a gente, na semana que a plataforma comemora três anos de existência. Vamos começar um trabalho muito importante na cidade, trazendo o que for melhor para a cidade e o cidadão”, explicou Gustavo Maia, cofundador do Colab. A plataforma disponibilizará uma equipe dedicada à estruturação da Prefeitura para o atendimento das demandas. Um comitê para receber as reivindicações será criado pela Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), que distribuirá cada pedido entre os órgãos e secretarias responsáveis. O Recife possui o maior contrato com a plataforma, o que possibilitará a utilização de vários recursos. 
A prestação de serviço permitirá ao cidadão fiscalizar desperdício de água, uso indevido de energia elétrica e calçadas irregulares, entre outras áreas, bem como propor soluções e avaliar instituições e serviços públicos da cidade. Uma equipe da Prefeitura estará conectada ao painel de monitoramento do Colab.re para acompanhar em tempo real as demandas geradas e respondê-las de forma personalizada. No Monitor Colab.re, a Prefeitura acessará a lista das solicitações, que são acompanhadas por um número de protocolo. As postagens contêm foto, local do fato e link gerado pela rede social, bem como comentários e curtidas dos seguidores, o que facilita a identificação desses casos. As demandas serão encaminhadas ao órgão municipal responsável, que informará aos cidadãos sobre a solução para cada caso.
Participaram do encontro os criadores do Colab.re, Gustavo Maia e Paulo Pandolfi, o superintendente do C.E.S.A.R., Sérgio Cavalcante, o diretor da Agência Recife para Inovação e Estratégia (Aries), Guilherme Cavalcanti, o secretário de Saúde do município, Jailson Correia e o presidente da Emprel, Eugênio Antunes.

TRANSFORMA RECIFE – A Prefeitura do Recife já possui iniciativas de integração entre a sociedade e o poder público. Uma delas é o Transforma Recife, que funciona como uma plataforma digital, através de um site (www.transformarecife.com.br) que aproxima voluntários e entidades que necessitam de ajuda.  Lá, de acordo com o interesse de quem se inscreve, incluindo preferências de atuação, localização e disponibilidade, o site mostra as oportunidades de trabalho voluntário, criando um elo entre os interessados e as organizações, funcionando como uma rede social, cruzando perfis de interesse com ofertas de trabalho voluntário em entidades do Recife. Atualmente estão cadastradas mais de 68 mil pessoas e 390 entidades.

OUVIDORIA – Em janeiro deste ano, a Ouvidoria Geral do Município do Recife (OGM), completou um ano de funcionamento com mais de 70% das demandas da população solucionadas. A OGM Recife opera com um moderno sistema de monitoramento de demandas que permite o acompanhamento preciso das manifestações tanto por parte dos gestores públicos, como dos cidadãos demandantes. Cada manifestação registrada pelo cidadão recebe  um número de protocolo com o qual ele pode fazer o acompanhamento do seu pedido.

CONECTA RECIFE – A Prefeitura do Recife, por meio da Empresa Municipal de Informática (Emprel), oferece em 74 pontos da cidade, internet gratuita para a população através do projeto Conecta Recife. O serviço visa incluir digitalmente a sociedade, promovendo o engajamento social, cultural e político do cidadão recifense e o acesso à informações de turismo e lazer ao turista. O acesso à rede é livre e gratuito. A rede é disponibilizada nos principais pontos turísticos e de maior circulação da população através de sinal wifi (sem fio), próximo aos pontos sinalizados com a placa do projeto. Para utilizar, basta buscar sinal de wifi ”CONECTARECIFE" e solicitar a conexão. Após isso, acesso à internet fica liberado e pode ser utilizado através de computadores, tablets e smartphones. 

PORTAL DA TRANSPARÊNCIA – Em atendimento à Lei Complementar Federal 131/2009, conhecida como Lei da Transparência, e visando assegurar ao cidadão uma maior visibilidade das ações do Governo Municipal, através do acompanhamento da boa e correta aplicação dos recursos públicos, a Prefeitura do Recife disponibiliza seu Portal da Transparência (HTTP:// http://transparencia.recife.pe.gov.br/). O Portal da Transparência é um instrumento importante, com acesso disponível a todo cidadão às informações das execuções orçamentária e financeira do Município, permitindo o acompanhamento das aplicações dos recursos públicos, possibilitando maior fiscalização e participação popular. A Prefeitura do Recife disponibiliza o seu Portal da Transparência para permitir que a sociedade possa acompanhar o uso dos recursos públicos e como mais uma forma de comunicação com o cidadão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário