segunda-feira, 25 de abril de 2016

BRASIL, DEPRESSÃO GENERALIZADA – Por Augusto Saboia




O que eu temia está acontecendo em nosso país, não estamos aguentando o maremoto de notícias ruins, indicadores ruins, crise política, crise institucional, crise moral, a imprensa como sempre faz questão e tem a obrigação de maximizar, para ter mais ibope, vender mais jornal, revista, infelizmente notícia ruim é a melhor notícia.

A tristeza e a desesperança está se instalando no povo, nas empresas, lojas fechando normalmente nem tanto pelo movimento em si, mas pela expectativa que as coisas vão piorar.

Vejo o exemplo dos restaurantes e bares no Recife, alguns estão fechando reclamando da crise, mas uma pesquisa recente diz que o Recife é a cidade mais cara para fazer refeições fora de casa, mais que São Paulo, como isso é possível, é a crise mesmo ou nossos empresários não estão dispostos a rever suas ideias e se adaptarem aos novos tempos, preferem fechar um negócio a baixarem seus preços superinflacionados.

Essa é a pergunta que não quer calar.

Repasso está pergunta para as outras áreas de nossa economia, o empresário brasileiro gosta fundamentalmente de investir pouco, vender pouco e lucrar muito, um lucro menor que 50% é inaceitável, quando em outros países 5% já é um lucro fenomenal.  

O Povo está sem força até para reagir, eu por exemplo, normalmente uma pessoa que sempre procura fazer algo de novo, estudar, sempre me atualizando fico me perguntando para que, estão matando até a vontade das pessoas de melhorar e buscar um futuro melhor.

Não podemos nos curvar a uma situação que ao longo do tempo passamos por muito piores, o Brasil estava quebrado nos anos 80, com inflação de 85% ao mês, o país dando calote em todo mundo, o FMI mandando e desmandando no Brasil, isto é que era crise.

Estamos em uma crise, mas a mesma é de moral, em todas as classes e setores de nossa sociedade, tudo está valendo, cada um por si e o resto que se exploda.

Perco a esperança de dias melhores não pelo país, que é muito rico e grande, mas pelo povo que nele vive, que normalmente quer levar vantagem em tudo, não tem espírito de cidadania, alguns lampejos de bondade existem, em hora de alguma catástrofe natural, fora isso a zona é geral.

É triste ter esses pensamentos depressivos e catastrofistas, mas são os tempos bicudos que vivemos e que grande parte dos que sempre estiveram no poder e comandam nossa economia, adoram, porque só assim continuam a ganhar seu dinheiro fácil em detrimento de toda a sofrida população brasileira, o quanto pior melhor sempre foi e é o objetivo desses verdadeiros criminosos brasileiros.

Como sair dessa situação, infelizmente não tenho a resposta, só não quero desistir de ser quem eu sou, de ter esperança no futuro, de que minha filha tenha um futuro, nessa terra tão rica e tão mal tratada por tanto tempo que perdemos a noção do que é certo e bom, onde quem é ruim e ladrão sempre vence, onde o mau sempre vence.

Um comentário:

  1. Por isso que o Brasil e considerado um pais protecionista. Esse tipo de mentalidade afeta todos os setores. Paises do Golfo ja estao pensando na Era Pos Petroleo. E nos? Nao podemos viver so de Commodities. Temos que diversificar a nossa economia. Temos potencial. Saboia, nunca desista do Brasil e tambem nao deixe sua filha desistir.

    ResponderExcluir