terça-feira, 19 de abril de 2016

Central de gás natural para o Agreste e Sertão

Projeto da Copergás custará R$ 300 mi e, além do Estado, deverá abastecer estados vizinhos




Diego Nigro/Arquivo Folha
Petrolina será um dos municípios que irá receber a expansão de rede de gasoduto

A região no entorno de Caruaru deverá ganhar uma central de gás natural, de onde o combustível será distribuído para o Sertão e para outros estados, como Bahia, Paraíba e Alagoas. Conforme o presidente da Companhia Pernambucana de Gás (Copergás), Décio Padilha, afirmou durante um encontro do Grupo de Lideranças Empresariais (Lide), há um plano de negócios estipulado em R$ 300 milhões que permitirá a expansão da rede de gasoduto até as cidades de Petrolina e Araripina e o Polo de Confecções do Agreste.

“Nós temos um plano de R$ 300 milhões, R$ 250 milhões são de recursos próprios, e vamos fazer uma captação de R$ 50 milhões junto ao Banco do Nordeste, o que vai tornar esse plano de negócios como o realizador desse sonho”, afirmou. “Vamos, através desse plano, colocar uma central de gás natural liquefeito. Estamos negociando com pessoas da Argentina e da China para essa central, a partir da região de Caruaru, levar gás para Petrolina, Araripina e todo lugar que precise de desenvolvimento”, acrescentou.

Ainda segundo Padilha, há intenções de estados vizinhos em comprar o gás distribuído através da rede pernambucana. “O estado da Bahia já me autorizou vender lá dentro, o estado da Paraíba formalizou um protocolo na ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) para que a gente venda gás no distrito industrial de Caaporã, e o estado de Alagoas me pediu que a gente também ingressasse lá”, contou antes de afirmar que, para isso, será preciso a instalação de um terminal de regaseificação.

A reportagem da Folha de Pernambuco procurou o Banco do Nordeste para saber detalhes do empréstimo, mas a instituição financeira informou, por meio da sua assessoria de Imprensa, que não detalhe contratos em curso, tendo em vista o sigilo bancário.

Posição
Ainda no evento da Lide, Padilha afirmou que a Copergás é a quarta empresa que mais movimenta gás no Brasil e tem a pretensão de ser a terceira em 2021.

Da Folha de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário