sábado, 16 de abril de 2016

Cirurgião robótico fará seu primeiro procedimento neste sábado no Recife

Hospital Santa Joana é o primeiro do Nordeste a utilizar o Da Vinci Si HD



Foto: Hospital Santa Joana/Divulgação
Um dos três principais polos médicos no país, Pernambuco será o primeiro estado do Norte-Nordeste a realizar uma cirurgia robótica com o equipamento Da Vinci Si HD. O robô-cirurgião traz mais segurança e precisão a procedimentos como cirurgias bariátricas e prostatectomia radical (retirada completa da próstata). A primeira intervenção acontecerá neste sábado às 14h, no Hospital Santa Joana, responsável por trazer o aparelho para a região.

A compra do Da Vinci Si HD foi uma das primeiras ações da parceria do Santa Joana com a empresa de saúde privada norte-americana UnitedHealth (Esho), anunciada neste ano. Uma equipe multiprofissional passou por treinamento para operar com o equipamento, capaz de dar uma visão 360 graus ao cirurgião e permitir campo de visão 10 vezes maior da área operada. Ele será utilizado, inicialmente, para cirurgias de estômago e intestino, e intervenções urológicas.

É esse procedimento que será realizado no sábado, em um paciente de 48 anos diagnosticado há cerca de dois meses com câncer. A intervenção com o Da Vinci Si HD, explica o urologista Guilherme Lima, reduz significativamente as chances de disfunção erétil pós-cirúrgica. “A anatomia dos nervos que estimulam a ereção é íntima da próstata, então muitas vezes acabam danificados nas cirurgias convencionais.” A operação acontecerá sob a tutoria do médico Rafael Coelho, de São Paulo.

Em outras especialidades, caso da cirurgia bariátrica, o aparelho permite ações mais complexas do que as realizadas hoje em dia. “A cirurgia robótica é minimamente invasiva. Por isso, reduz os traumas, o tempo cirúrgico e os sangramentos e permite uma recuperação mais rápida e com menor taxa de complicações”, acrescentou o médico cirurgião Gilberto Pagnossin, coordenador do Centro de Robótica do Santa Joana.

A expectativa é de realizar, todo mês, duas a três cirurgias robóticas. Os primeiros procedimentos serão acompanhados por médicos de referência no uso do Da Vinci em todo o mundo. O hospital também se transformará em referência no treinamento e capacitação da classe médica do Norte e Nordeste em cirurgia robótica. Um terço dos investimentos do projeto é no programa de treinamento.

Entre os dias 25 e 26 deste mês, será realizado o lançamento oficial do programa de robótica do Santa Joana, com participação do mais importante cirurgião na área do mundo, o norte-americano Vipul Patel. “Identificamos que a cirurgia robótica é uma realidade mundial. Então, assumimos esses desafio como um compromisso com a sociedade”, ressalta o diretor-presidente do hospital, Eustácio Vieira.

A chegada do Da Vinci conflui com a modernização do centro cirúrgico do Santa Joana e também com investimentos na área de acessibilidade e na infraestrutura, com a repaginação até o fim deste semestre da fachada da unidade.

Da Vinci SiHD


Capacidade Dual Console

Um segundo console opcional que permite o trabalho de dois cirurgiões simultaneamente

Visão 3D HD

Visão tridimensional até 10 vezes ampliada

Maior movimentação

Permite uma gama de movimentos maior do que a mão humana

Ajustes ergonômicos

Os cirurgiões podem personalizar os parâmetros do console para obter maior conforto durante os procedimentos

Painel pedal

O profissional pode fazer a troca de instrumentos de energia e outras tarefas

Segurança

O sistema executa mais de um milhão de verificações de segurança por segundo

Alertas

O equipamento emite alertas auditivos e viausis aos profissionais sobre o status e do sistema e funções 

Por: Alice de Souza - Diario de Pernambuco


Nenhum comentário:

Postar um comentário