terça-feira, 12 de abril de 2016

Clubes de assinaturas fidelizam clientes com produtos sortidos

Priscila Miranda


Apreciadores de vinho podem assinar box e receber rótulos nacionais e internacionais / Foto Rafaella Reis/Divulgação Apreciadores de vinho podem assinar box e receber rótulos nacionais e internacionais Foto Rafaella Reis/Divulgação

Já imaginou chegar na sua casa, uma vez por mês, uma caixa com produtos sortidos para você testar e usar? O serviço, chamado de clube de assinaturas, vem ganhando adeptos por todo o Brasil e possui uma gama dos mais diversos produtos: vinhos, cervejas, cosméticos e até livros. Tudo para que o assinante passe a entender melhor aquilo que consome e tenha a sensação de ser “presenteado” todo mês quando o kit chega.
A jornalista Lorena Aquino começou, há sete meses, a se sentir praticamente uma blogueira de moda quando recebeu sua primeira caixa da Glambox, marca de cosméticos e beleza que realiza clube de assinaturas. Ela conta que descobriu o serviço na internet e que, de início, sentiu desconfiança com relação à qualidade dos produtos.

Lorena Aquino recebe, todo mês, uma caixa com diversos cosméticos 

 Lorena Aquino recebe, todo mês, uma caixa com diversos cosméticos 
Foto: Lorena Aquino/Cortesia

“Achei que não fosse valer a pena, mas, quando assinei, vi que vale super. Pago R$ 68 reais por mês e vem muito mais que isso no valor dos produtos nas caixinhas”, afirma a jovem.
Com uma média de cinco produtos enviados mensalmente, entre amostras grátis e full size, a caixa da marca também aposta em informações para os seus clientes. Segundo o site da Glambox, dicas e tutoriais de beleza e bem-estar também estão inclusos no pacote, além de estimular os assinantes a fazerem comentários sobre o que receberam. “São marcas muito boas. Eles normalmente mandam as coisas adequadas ao meu tipo de pele e cabelo, porque eu preenchi uma pesquisa com essas perguntas no começo da assinatura”, explica Lorena.

Quem gosta de ler pode assinar a caixa da Tag Livros

 Quem gosta de ler pode assinar a caixa da Tag Livros
Foto: Tag Livros/Divulgação


Os apaixonados por leitura têm a opção de assinar caixas de livros. A empresa Tag Livros, de Porto Alegre (RS), funciona há quase dois anos com clientes de todo o País, enviando “livros-surpresa” para os associados. O sócio-fundador, Tomás Susin, afirma que a marca está em contato constante com grandes nomes do cenário cultural para pedir indicações de livros que marcaram a vida deles. “A partir dessa indicação, escrevemos uma revista sobre a obra para contextualizar o leitor dentro do universo daquele livro, além de divulgar informações sobre o curador do mês. Ao final, mandamos o livro indicado, um marcador de página, a revista que elaboramos sobre o tema e um mimo surpresa para o assinante”, comenta o empresário. Com cerca de 5.500 assinantes brasileiros, a Tag possui 219 clientes em Pernambuco.

Os associados também têm um espaço de interação, através da página Tag – Experiências Literárias no Facebook, para discutir sobre os livros que estão lendo. “As pessoas adoram a sensação de aguardar a caixinha em casa todo mês. Algumas até dizem que se sentem como se estivessem fazendo aniversário todos os meses, sendo presenteadas, tamanho o carinho que contém cada kit”, conta Tomás.

"SOMMELIERS E CERVEJEIROS" - Quem gosta de beber também pode assinar clubes para apreciar vinho e cervejas. A Wine.com.br, do Espírito Santo, mantém o serviço ClubeW, considerado o maior clube de vinhos da América Latina. Com cinco opções de assinatura, o cliente tem pelo menos 25% de desconto em relação aos preços de mercado. “O ClubeW começou em 2010, e hoje são mais de 140 mil sócios que atendemos em todo o Brasil. Temos uma curadoria que é realizada pela equipe de Winehunters, que são os nossos 'Caçadores de Vinhos'. Essa equipe percorre o mundo em busca dos vinhos que serão colocados no site e nos clubes”, explica o diretor de Marketing, Luis Martini.

A opção de assinar cervejas pode ser feita pela WBeer.com.br. Com assinaturas que variam entre R$ 40 e R$ 102, os sócios recebem, todos os meses, cervejas selecionadas por um especialista. São rótulos nacionais e internacionais. “Começamos no ano passado e, hoje, são mais de 15 mil sócios em todo o Brasil”, conta Luis Martini. Tanto o clube de vinho quanto o de cerveja enviam revistas sobre as bebidas para seus clientes.

O funcionário público Adenildo Filho é um assinante do clube do vinho no Recife. Com um plano básico, com dois rótulos por mês, ele paga R$ 64 e recebe vinhos de vários lugares do mundo. "Eu já provei da América do Sul, Europa e do Brasil mesmo. São tintos, na maioria, e é minha preferência", opina. Ele acredita que, com a revista sobre vinhos que também é enviada pelo clube, o associado tem a chance de conhecer mais o mundo da bebida feita com uva. “Quem já entende de vinho pode pagar mais caro para provar outros mais refinados. E qualquer participante do clube pode comprar outros vinhos com desconto e frete grátis. Se eu saísse, seria unicamente porque não estou conseguindo beber tudo”, diz.

Conheça os principais serviços e receba os produtos em casa:





JC Economia

Nenhum comentário:

Postar um comentário