sábado, 2 de abril de 2016

Compesa constata vandalismo no sistema do Alto do Mandú no Recife



A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) está adotando medidas de segurança para combater atos de vandalismo que vêm sendo praticado em sua unidade operacional no Alto do Mandú, Zona Norte do Recife. Está sendo solicitado o reforço do policiamento nas redondezas da unidade  e  ainda serão instaladas  placas de aviso e cercas. 

Além do prejuízo financeiro, os atos de vandalismo prejudicam o abastecimento na localidade e ainda põe em risco a vida de quem os pratica.

A última invasão da unidade por vândalos aconteceu  há 15 dias. Eles quebraram o muro no local, que já havia sido recuperado pela Compesa devido a atos anteriores, e entraram na unidade. No local, arrombaram parte da cobertura do reservatório que abastece a comunidade para tomar banho e ainda utilizaram drogas ilícitas na área privativa. 

“Eles estão usando o local como se fosse a  área de lazer deles e não se dão conta de que estão correndo risco de morte no reservatório. Além de ser profundo, é um equipamento eletrificado, que foi projetado para o abastecimento e não para banhos”, avisou a gerente da Unidade de Negócios Metropolitana, Isabelle Souto.

Segundo a gerente, a Compesa já gastou em torno de R$ 50 mil para recuperar os danos que os invasores causaram à unidade. Por três vezes, eles quebraram o muro e fizeram dois buracos na cobertura do reservatório. 

“Já estamos procurando a delegacia do bairro e também solicitando o apoio da Polícia Militar para intensificar as rondas na área. Caso haja flagrante, o indivíduo será conduzido à delegacia. Mas é preciso que haja também consciência para que esses atos não sejam praticados, pois todos podem pagar a conta”, lembrou Isabelle Souto. A fim de solicitar o apoio da comunidade, a gerência estará  em breve realizando reunião no local.

Estão sendo colocadas barreiras físicas no muro e placas indicativas de perigo, com riscos de choque elétrico, queda e afogamento. A população pode contribuir com informações ligando para o telefone da Compesa no 0800 081 0195.

vandalismo1 vandelismo3

Nenhum comentário:

Postar um comentário