terça-feira, 26 de abril de 2016

Pernambuco emplaca três cidades entre destinos mais visitados do Brasil em 2015



Pernambuco ganhou destaque na pesquisa divulgada pelo Ministério do Turismo, em seu site oficial. 

O Estado está entre os oito que mais recebem turistas no País, com 11.235.326 milhões de visitantes no último ano. Três destinos pernambucanos também ganharam destaque, sendo eles Ipojuca, Fernando de Noronha e Gravatá, que pela primeira vez entra no ranking dos dez municípios com o grande potencial turístico. A cidade do Agreste Gravatá recebeu 351.664 turistas em 2015, sendo a única do Nordeste pontuada no ranking. O destino é bastante procurado por visitantes de cidades e estados próximos.

A inclusão de Gravatá na lista do Ministério do Turismo demonstra de forma muito clara que os investimentos do Governo de Pernambuco no Turismo Rural têm gerado o resultado esperado. "Sempre fomos conhecidos pelo turismo de Sol e Mar. Já estamos consolidados como o Estado que possui um excelente Litoral. Vamos permanecer trabalhando em cima disso, mas com os olhos voltados também para o Turismo Rural. A inclusão de Gravatá neste ranking nos incentiva a trabalhar ainda mais para atrair visitantes para descobrir a maravilha do nosso Interior", afirmou o secretário de Turismo, Esportes e Lazer, Felipe Carreras.

Como não poderia deixar de acontecer, devido ao número expressivo de turistas que recebe diariamente, Ipojuca entrou pela primeira vez na lista entre os dez destinos turísticos mais procurados do Brasil. O ranking não inclui as capitais dos Estados, mas mostra claramente o crescimento do município, que rompeu a barreira de 1,2 milhão de visitantes, uma média superior a cem mil turistas por mês, ou aproximadamente 3,3 mil pessoas por dia.

Outro destaque fica por conta do Arquipélago de Fernando de Noronha, que está em segundo lugar entre os destinos brasileiros mais procurados por turistas em 2015. Esta lista leva em consideração os lugares que receberam um número de visitantes superior ao de moradores. O Arquipélago recebeu, em 2015, número cerca de 70 vezes mais visitantes do que os pouco mais de 3,5 mil habitantes locais.

Ascom Setur-Empetur-PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário