segunda-feira, 4 de abril de 2016

Pernambuco receberá R$ 242,6 milhões em projetos industriais

  • condic Abril 

    Em reunião, foram aprovados 25 projetos, sendo 20 indústrias, duas importadoras e três centrais de distribuição. 

    O Conselho Estadual de Políticas Industrial, Comercial e de Serviços (Condic) reuniu-se pela nonagésima terceira vez para analisar projetos de concessão de incentivos fiscais de empreendimentos interessados em se implantar ou ampliar suas atividades em Pernambuco.
    O encontro, primeiro deste ano, aconteceu na manhã desta quarta-feira (29/03) na sede da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper). Outras três reuniões deverão ocorrer nos meses de junho, setembro e dezembro.
    No total, foram aprovados 25 projetos, sendo 20 indústrias, duas importadoras e três centrais de distribuição. Os investimentos em indústrias totalizam R$ 242,6 milhões, sendo R$ R$ 226,5 milhões destinados ao interior e R$ 16 milhões para a RMR.
    Estes investimentos projetam a geração de 775 postos de trabalho, dos quais 458 estarão sediados no interior do Estado e 317 na Região Metropolitana do Recife. Ao todo, 15 municípios foram contemplados, sendo 06 na RMR e 09 no interior. E são eles: Belo Jardim, Bezerros, Itapetim, Arcoverde, Vitória de Santo Antão, Limoeiro, Glória do Goitá, Condado, Petrolina, Recife, São Lourenço da Mata, Olinda, Jaboatão do Guararapes, Paulista e Cabo de Santo Agostinho.
    Das doze Regiões de Desenvolvimento (RD) de Pernambuco, oito foram contempladas: RMR, Mata Norte, Mata Sul, Pajeú, Moxotó, Agreste Central, Agreste Setentrional e São Francisco.
    “Nesta primeira reunião do ano, apesar do cenário incerto de nossa economia, nós ressaltamos a importância do trabalho que vem sendo desenvolvido pelo Governo de Pernambuco na consolidação perene de investimentos para o nosso Estado. Tudo isso vem de uma política de Governo, de interiorizar o desenvolvimento. Prova disso é que 93,3% dos investimentos da reunião de hoje seguirão rumo ao interior”, detalhou o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Thiago Norões.


Nenhum comentário:

Postar um comentário