sexta-feira, 1 de abril de 2016

Renascença do Agreste pernambucano ganha catálogo só para ela

catalogo_renascenca_foto_andrea_franco_1

A renascença confeccionada nos municípios de Poção e Pesqueira e nos arredores deles está registrada no Catálogo Renascença -PE, lançado por Tereza Franco, sábado (2), às 18h, na Academia de Letras Pesqueirense, e segunda, (4), às 19h, na Orbe Coworking, Recife. 

A publicação, com apoio do Funcultura, é organizada em duas partes. Na primeira há um breve histórico da artesania, desde o seu surgimento, com reflexões sobre a cadeia produtiva da renda e as condições de vida e trabalho dos rendeiros na atualidade. Já a segunda parte apresenta ensaio fotográfico com peças produzidas por artesãos daquela região e estilistas pernambucanos. 

A renascença é um tipo de renda datada no século 16. Conta-se que foi apropriada por artesãs de Poção e Pesqueira, na década de 1930, graças a freiras missionárias europeias. Hoje é uma importante atividade econômica do Agreste Central de Pernambuco.

Foto: Andréa Franco/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário