quarta-feira, 27 de abril de 2016

Segurança utilizada de Nova York será implantada na UFPE

Para o novo projeto, o reitor Anísio Brasileiro assegurou que está previsto investimento acima de R$ 1 milhão

por Roberta Patu 

Madá Freitas/LeiaJáImagens/Arquivo Rodas da Polícia Militar serão intensificadas Madá Freitas/LeiaJáImagens/Arquivo
Após várias reclamações, a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) se posicionou, na última sexta-feira (22), em relação à segurança dos alunos. De acordo com nota da instituição para o projeto está previsto um investimento acima de R$ 1 milhão que deve contemplar várias áreas do campi Recife. Entre as mudanças estão: mudanças das paradas de ônibus, intensificação das rondas e equipamento se segurança utilizado pela polícia de Nova York.

A decisão foi tomada após reunião do reitor Anísio Brasileiro e representantes da Superintendência de Segurança Institucional (SSI), Superintendência de Infraestrutura, Pró-Reitoria de Planejamento (Proplan) e Pró-Reitoria de Gestão Administrativa (Progest). De acordo com o comunicado, a Reitoria da UFPE alocou R$ 1 milhão para, em cerca de 90 dias, instalar câmeras de monitoramento, que serão integradas à PM e Polícia Federal. No mesmo período, também serão investidos R$ 500 mil na aquisição de lâmpadas para reforçar a iluminação no campus.

As novas medidas devem contar com um software de gestão Security Center, o mesmo utilizado pela polícia de Nova York e que foi doado pela empresa canadense Genetec. Além disso, também estão previstos a realocação de paradas de ônibus para dentro do perímetro do campus, que aguarda resposta da administração estadual e intensificação de rondas no entorno da UFPE, principalmente no período noturno, com mais abordagens da Polícia Militar e da segurança institucional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário