segunda-feira, 11 de abril de 2016

Unicamp tem recorde de matriculados de escola pública

Após matrículas, universidade contabiliza 47% de alunos provenientes da rede pública


A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) marcou mais um recorde no vestibular 2016: após a última matrícula, a universidade contabilizou 47,6% de alunos provenientes de escolas públicas. Dos 3.243 matriculados, 1.543 fizeram o ensino médio na rede pública.
O resultado foi obtido a partir da campanha de inclusão feita pela universidade, com a ajuda da bonificação nos pontos da primeira e segunda fases oferecidos pelo programa de ação afirmativa e inclusão social (Paais).
O primeiro recorde foi batido na primeira chamada do vestibular: pela primeira vez, 51,9% dos aprovados era de escola pública, contra os 30% tradicionais dos últimos anos. Dentre os autodeclarados pretos, pardos e indígenas, o índice de matrículas foi de 33,9%, superior aos 27,3% de 2015.
Segundo a Unicamp, os números indicam aproximação à meta aprovada em 2013 pelo Conselho Universitário para a inclusão social nos cursos de graduação, que estabeleceu que a Universidade atingisse 50% de ingressantes oriundos da rede pública até 2017, sendo que destes, 35% fossem autodeclarados pretos, pardos ou indígenas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário