sexta-feira, 27 de maio de 2016

ETE Eduardo Campos fortalece o ensino profissionalizante de São Lourenço da Mata

  • ETE 34
    A unidade é a 34a escola técnica do Estado e tem capacidade para 1,3 mil alunos na região
    SÃO LOURENÇO DA MATA – Uma cerimônia comandada pelo governador Paulo Câmara, nesta sexta-feira (27.05), marcou a entrega da 34a unidade de ensino profissionalizante do Estado, implantada em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife (RMR). A Escola Técnica Estadual (ETE) Governador Eduardo Campos tem capacidade para 1,3 mil alunos nas modalidades integral, subsequente (para os estudantes já concluintes do ensino médio) e Educação à Distância (EAD). Esse equipamento recebeu um investimento de R$ 8,7 milhões, recursos do Tesouro Estadual e da União. Ao lado do ministro da Educação, Mendonça Filho, de auxiliares e de familiares do ex-governador Eduardo Campos, o gestor destacou a importância da ampliação da rede e classificou como justa a homenagem ao ex-chefe do Executivo.
    Ao se referir à ETE de São Lourenço da Mata, Paulo Câmara afirmou que a qualidade da estrutura influencia no resultado acadêmico. "Esse tipo de equipamento faz a diferença. As escolas técnicas, além de ajudarem a elevar a qualidade de ensino para um possível ingresso em uma universidade pública, também capacitam o aluno para o mercado de trabalho", destacou Câmara. Ele ressaltou, ainda, que os empreendimentos que se instalaram em Pernambuco precisavam importar mão de obra qualificada, mas com o investimento feito na educação nesses últimos anos o cenário mudou. "A mão de obra formada aqui tem sido aproveitada pelas empresas e os pernambucanos têm dado conta do trabalho", completou o governador.
    Antes de iniciar a solenidade na quadra da ETE Eduardo Campos, o chefe do Executivo estadual vistoriou o prédio e conversou com alunos e professores da rede. Na oportunidade, Paulo Câmara afirmou que a unidade está pronta para realizar os sonhos desses estudantes de São Lourenço da Mata e região. "Até 2018, ao longo do nosso Governo, nós vamos ter 44 escolas técnicas em todas as regiões do Estado, ajudando a qualificar os nossos jovens para o mercado de trabalho e para o futuro", garantiu o governador, que também foi agraciado com a Medalha do Mérito Pau Brasil, a maior comenda do município.
    Para o ministro da Educação, Mendonça Filho, as iniciativas exitosas devem ser compartilhadas com o resto do Brasil. "Para que a gente possa transformar esse País, é necessário ter uma educação pública de qualidade e Pernambuco tem dado muitas lições nesse aspecto", destacou o ministro. Mendonça pontuou, ainda, que a unidade contou com recursos da União e que a atual gestão terá o apoio do Ministério. "O trabalho realizado pelo governador Paulo Câmara e pelo secretário Frederico Amâncio na área de educação é notável e respeitado e terá todo o nosso apoio", completou o titular da pasta de Educação do Governo Federal.
    Em consonância com o plano de expansão estabelecido pelo governador Paulo Câmara, o secretário de Educação, Frederico Amâncio, confirmou a entrega da ETE de Buíque e a construção de outras cinco. "Essa escola é um símbolo da importância de se investir na educação", frisou o gestor. Frederico ainda ressaltou que o Estado mantém 42 canteiros de obras no segmento, incluindo a construção de quadras e a melhoria da estrutura física de outras unidades públicas. Na ocasião, o secretário estadual de Educação recebeu o Título de Cidadão de São Lourenço das mãos do prefeito Gino Albanez.
    O prefeito Gino Albanez garantiu que o prédio da ETE será o mais bem cuidado da rede e que a unidade profissionalizante amplia o leque de oportunidades para os jovens do município. "Essa escola técnica é uma das obras mais importantes da nossa cidade", pontuou Gino, lembrando a atuação do ex-governador Eduardo Campos para garantir a obra. "Os municípios se encontram em grandes dificuldades econômicas, mas nós sabemos que podemos contar com o Governo do Estado", destacou o gestor, lembrando os momentos em que foi recebido por Paulo Câmara, no Palácio.
    HOMENAGEM - O prédio da nova escola técnica faz uma homenagem ao ex-governador Eduardo Campos, que faleceu em um acidente aéreo, em 2014, durante a campanha presidencial. O ex-gestor foi o responsável pela ampliação das redes de ensino integral e técnico do Estado e por melhorias que proporcionaram o aumento dos índices educacionais. De acordo com Paulo Câmara, o modelo de gestão implantado por Campos na educação será sempre um exemplo. "Eduardo realizou grandes obras em todas as áreas, mas nós sabemos que ele tinha um carinho pela educação. Era possível ver nos olhos dele, quando ele falava desse tema, a sua paixão pelo assunto. Porque ele sabia que era por meio da educação que ele podia transformar a vida do povo", afirmou Câmara.
    Representando a família do homenageado, João Campos, que é filho do ex-governador, disse que é uma satisfação ver o legado de seu pai reconhecido pela população e eternizado em ações em todos os lugares. "Esse foi o trabalho de uma vida que o meu pai teve dedicado ao estado de Pernambuco e ao Brasil", destacou João, que hoje atua como chefe de gabinete do governador Paulo Câmara. O filho de Eduardo afirmou ainda que Pernambuco desfruta de bons índices educacionais em relação ao restante do País, devido ao investimento intensificado na gestão de Campos. "Isso foi fruto de muito trabalho e dedicação", completou João, finalizando com uma citação de seu pai: "Enquanto os jovens, filhos de ricos e pobres, não estudarem na mesma escola, não teremos o Brasil que queremos".
    DE OLHO NO FUTURO - A nova ETE da RMR já oferece os cursos técnicos em Administração e em Rede de Computadores para as turmas do ensino integrado. Já no segundo semestre, de acordo com o cronograma, está previsto o início dos cursos de Edificações e Telecomunicações, para as turmas na modalidade subsequente, além de nove formações em EAD. O prédio é composto por seis blocos com auditório, biblioteca, quadra, 12 salas de aula e laboratórios.
    Matriculada no curso de Administração, Wanessa Arruda, contou que migrou da rede privada para a pública, devido à qualidade oferecida no Estado. "A estrutura física é bem melhor do que a escola particular onde estudava. Aqui, temos mais ferramentas para ampliar o conhecimento", afirmou a aluna, que reside em um bairro próximo à ETE. Com apenas 15 anos, a jovem disse que está de olho nas oportunidades de emprego que podem ser proporcionadas pelo atual curso técnico. "A partir desse curso, nós vamos ter mais chances no mercado de trabalho", frisou.
    Também participaram da cerimônia em São Lourenço o vice-governador Raul Henry, o secretário da Casa Civil, Antônio Figueira; o secretário de Agricultura, Nilton Mota; o secretário de Cidades, André de Paula; o Chefe da Casa Militar, coronel Eduardo Pereira; o presidente da Arpe, Ettore Labanca; o presidente da Compesa, Roberto Tavares; o presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Leopoldo Raposo; o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Guilherme Uchoa; o deputado estadual Vinicius Labanca; o deputado estadual Waldemar Borges; o deputado federal Danilo Cabral; e a viúva do ex-governador Eduardo Campos, Renata Campos; além de prefeitos e vereadores da região.
    Texto: Marcela Pimenta | SEI

Nenhum comentário:

Postar um comentário