terça-feira, 3 de maio de 2016

FIEPE disponibiliza edição 2016 do Cadastro Industrial de Pernambuco em versão digital

Com a novidade, o número de empresas cadastradas passou para nove mil, um aumento de 50% em relação a publicação anterior



A partir deste ano, o Cadastro Industrial publicado pela Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE) passa a ser disponibilizado apenas na versão digital. A publicação apresenta as principais informações econômicas sobre as indústrias de micro, pequeno, médio e grande porte do Estado, como: segmento de atuação, matéria prima utilizada, produto final, ano de fundação, quantitativo de funcionários, rotatividade da mão-de-obra, consumo médio de energia, filiação sindical, acesso ao mercado internacional, além de informações que servem como facilitadoras de negócios.

Ordenada por segmento e em ordem alfabética, a nova versão vai contemplar nove mil empresas cadastradas, 50% a mais do que a edição passada. “A escolha por uma versão digital é a resposta da Federação para os nossos usuários. Atendemos a uma aclamação de nossos clientes e adaptamos o Cadastro Industrial, buscando evitar desperdícios, custo com estoques e armazenagem. Estamos sempre trabalhando para lançarmos produtos inovadores e com a qualidade FIEPE, pensando sempre na sustentabilidade dos nossos produtos,” explica o gerente do Núcleo de Economia e Negócios Internacionais (NENI) da FIEPE, Thobias Silva.  

Com a mudança, o instrumento de consulta passa a ser mais dinâmico, moderno e interativo. Através de uma busca rápida e simples, é possível extrair do cadastro industrial (banco de dados) informações ricas e condições de prospecção de novos clientes. A plataforma web vai abrigar o conteúdo do cadastro, oferecendo ao leitor a dimensão, distribuição geográfica e os empregos gerados pelo setor industrial, tudo isso num visual clean que permite melhor agilidade nas buscas. Outra novidade é que a cada 90 dias (três meses) a base de dados será atualizada para o usuário. 

Não há custos para as indústrias fazerem parte do catálogo, a participação é voluntária e gratuita. O Cadastro é destinado a pessoa jurídica e pessoas físicas (autônoma) no intuito de ajuda-los a prospectar clientes, indicado também a estudantes e pesquisadores que desejem conhecer os indicadores do cenário industrial de Pernambuco atual. 

Os interessados em adquirir a nova versão podem acessar a página www.pe.cadastrosindustriais.com.br, e fazer o pagamento através do PagSeguro de acordo com o pacote escolhido: Trimestral, Semestral e Anual. Além da página na web, o cadastro pode ser acessado em diferentes plataformas dos aparelhos (tablet, ipad e smartphones) dos usuários.

HISTÓRICO - A primeira edição do Cadastro Industrial foi lançada em 1956, na versão impressa com livro robusto e pesado, de lá pra cá houve muitas mudanças, mas a principal está sendo implantada em 2016. “São 60 anos proporcionando a geração de novos negócios e contribuindo para os bons resultados das empresas pernambucanas, oferecendo benefícios como: oportunidade de conhecer novos fornecedores; facilidade de encontrar clientes e credibilidade do setor industrial,” ressalta Thobias Silva. 

Mais informações: 81. 3412.8412 ou 8476.

Nenhum comentário:

Postar um comentário