sexta-feira, 20 de maio de 2016

Governo cria 26 cargos comissionados para gerir Arena Pernambuco e diz que serão temporários. Salários somam R$ 131 mil

Arena Pernambuco. Ana Araújo-Faquin/ Portal da Copa

Arena Pernambuco. Ana Araújo-Faquin/ Portal da Copa

A Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur) terá 26 novos cargos comissionados para gerir a Arena Pernambuco. A soma das remunerações vai alcançar R$ 131 mil por mês – valor bruto. As mudanças estão no Projeto de Lei 832/2016, encaminhado pelo governo à Assembleia Legislativa e publicado no Diário Oficial do Estado desta quinta (18). A Empetur é um órgão subordinado à secretaria estadual de Turismo, pasta comandada por Felipe Carreras (PSB).

De acordo com o governo, os cargos serão extintos assim que a administração direta do estádio pelo governo seja encerrada, com a contratação de uma nova concessionária, em lugar da Odebrecht.

Para o comando da nova equipe, o secretário Felipe Carreras terá à disposição um cargo com remuneração de R$ 9.966,92 e quatro de R$ 7.308,85. Mas é a soma de todos os 26 cargos que vai a R$ 131 mil.

No dia 29 de maio, o governo estadual e o Tribunal de Contas do Estado (TCE) assinaram um Termo de Ajuste de Gestão para definir os passos da rescisão do contrato com a Odebrecht. Inicialmente, a concessão duraria 30 anos. Mas uma série de problemas inviabilizou o contrato – que já foi alvo de operação da Polícia Federal e de auditorias especiais no TCE envolvendo 30 autoridades e nomes graúdos do PSB.
A rescisão e o início da operação pública do estádio seriam no início de maio, porém foi adiada. Agora, o projeto de lei, assinado pelo governador Paulo Câmara (PSB) e enviado à Assembleia, formaliza a gestão da Arena com a Empetur e prevê os novos cargos.

Pinga Fogo - JC

Nenhum comentário:

Postar um comentário