terça-feira, 10 de maio de 2016

Hospital da Mulher entra em operação nesta terça no Recife

Jedson Nobre
Serviço começa já com 180 ultrassonografias agendadas

Começam, nesta terça-feira (10), as atividades do Hospital da Mulher do Recife (HMR), a maior unidade de saúde da Capital. Neste primeiro dia já estão agendadas cerca de 180 ultrassonografias, entre elas exames obstétricos, pélvico e de mama. Também há a previsão de 60 consultas de diversas especialidades. A meta é que a unidade apenas neste primeiro mês de funcionamento seja responsável por cinco mil consultas e quase 12 mil exames. O HMR é a aposta da Prefeitura do Recife para agilizar alguns gargalos da saúde municipal. O hospital estará funcionando com 100% da capacidade em até 90 dias quando serão inauguradas as UTIs.


“Do ponto de vista do atendimento o Hospital da Mulher vai oferecer coisas que realmente estão faltando. Existe uma demanda grande. Em ultrassonografia a gente tem uma fila imensa. Milhares de mulheres aguardando para fazer ultrassonografia, de diversos tipos, e agora vamos poder enfrentar a fila todinha e terminar a fila de ultrassonografia”, destacou o prefeito do Recife, Geraldo Julio. O gestor explicou ainda que a unidade ampliará em 40% o volume de partos que poderão ser feitos na cidade, passando de 1 mil por mês para 1,4 mil.

O secretário da Saúde do Recife, Jailson Correia, afirmou que a escolha por iniciar as atividades pela parte diagnóstica e consultas foi justamente para dar celeridade a demanda acumulada da população. Correia comentou inclusive que a capacidade do município em realizar ultrassonografias duplicará agora.

Geraldo Julio reafirmou ainda que a entrega de um equipamento como esse agrega valor para toda a Região Metropolitana e representa um avanço com a saúde da população num momento complicado para o País. O prefeito deve remarcar a cerimônia oficial de abertura de hospital que iria acontecer ontem, mas foi cancelada devido às chuvas.

Folha PE

Um comentário:

  1. Esse e o unico Hospital da Mulher? Ou ainda teremos uma unidade em Caruaru?

    ResponderExcluir