sábado, 7 de maio de 2016

Mercearia do Braz traz Paulo Braz de volta à noite do Recife

IMG_4352

Paulo Braz, que já comandou o Calypso Club, na rua do Bom Jesus, o Cuba do Capibaribe, no Paço Alfândega, e a Frida, no Pina, está de volta à noite do Recife. Ele inaugurou, nesta quinta (5), a Mercearia do Braz, na rua Visconde de Goiana, esquina com a José de Alencar, no bairro da Boa Vista. 

“Percebi que há um centro energético na Boa Vista. As pessoas estão migrando para lá”, diz ele, que desde 2009 estava fora do circuito noturno do Recife, por falta de um lugar que lhe interessasse. 

O casarão onde está a sua mercearia é de 1899 e estava desativado. Serviu de locação para o filme Amarelo manga, de Cláudio Assis, e foi recentemente reformado pelo dono. O espaço tornou-se a Mercearia do Braz em parceria com mais três sócios – o secretário de Segurança do Recife, Murilo Cavalcanti, além de Luiz Pedro Campello e Sérgio Maia.

Paulo Braz ao lado de obra de/Fotos: Divulgação
Paulo Braz – Fotos: Divulgação

Peças que estiveram nas outras casas de Paulo também estão de volta, como a imagem de Nossa Senhora da Caridade do Cobre, padroeira dos cubanos, que ficava exposta no Cuba do Capibaribe. 

Com a ajuda dos arquitetos Alexandre Mesquita e Júlio Oliveira mais a artista plástica Ana Veloso, ele decorou o espaço com fotos de seus antepassados, peças de artesanato, e outras trazidas de viagem ao México. No térreo do casarão fica o botecão, com petiscos regionais. 

Subindo ao 1º andar, chega-se ao dancing, cheio de corações. A proposta é promover lá discotecagens, shows de forró, rodas de samba, noites cubanas… Abrirá as portas de quarta a domingo. Neste sábado (7) haverá programação musical e no domingo (8) almoço regional especial pelo Dia das Mães.

Nenhum comentário:

Postar um comentário