segunda-feira, 2 de maio de 2016

Pescadores da Reserva do Paiva ganham apoio à pesca artesanal





            A Associação Geral da Reserva do Paiva inaugurou, nesta sexta (29/04), a Caiçara Pesqueira da Reserva do Paiva. O espaço funcionará como ponto de apoio e exploração da pesca artesanal qualificada na região e vai beneficiar 21 produtores da Colônia de Pesca Z-8. A iniciativa é fruto de uma parceria firmada entre a Associação e os pescadores locais, através de um termo de cooperação assinado em dezembro de 2015.  Durante a cerimônia, foram entregues a Caiçara Pesqueira para porto das jangadas, novos motores e a reforma das embarcações utilizadas pelos pescadores.
             A parceria permitiu a instalação de um projeto social com a colônia, onde estão sendo realizados investimentos na infraestrutura para manutenção da modalidade no bairro, além da qualificação dos pescadores. O objetivo é ampliar os segmentos produtivos artesanais da região e estimular a qualificação desses profissionais. O Instituto de Assessoria para o Desenvolvimento Humano (IADH) foi responsável pela elaboração do projeto e articulação dos trabalhos para que a parceria fosse firmada. “A entrega da caiçara é o primeiro passo do projeto de contribuição para o desenvolvimento da pesca artesanal na região. Temos certeza que o projeto vai crescer pela vontade de todos estarem aqui, onde aprenderam a pescar”, comenta Adriana Franco, representante do IADH.
            O secretário de Planejamento e Meio Ambiente da Prefeitura do Cabo, Artur Albuquerque ressaltou a importância da parceria para fortalecer a cultura caiçara. “A Prefeitura reconhece a necessidade de estimular e apoiar uma forma de geração de renda produzida através da pescaria artesanal. Estamos destinando um solo urbano em benéfico dos produtores locais”, pontuou.
            O processo perdurou por um ano e meio até o fechamento do modelo acordado tanto pelos pescadores como pela Associação.  Com mais de 20 anos de pescaria, o pescador Alex Sandro, 40, destacou a felicidade de valorizar a tradição para gerações futuras. “Eu aprendi a pescar nessa praia. Aqui foi onde tudo começou, é importante esse apoio para que meus filhos e netos possam continuar nossa história”, ressaltou Sandro.
                       O objetivo da Associação Geral da Reserva do Paiva é melhorar as condições estruturais em que a atividade é exercida na região oferecendo infraestrutura e qualificação para estes produtores.  Para o Responsável pela Gestão do Bairro, Gabriel Belmonte é fundamental para o desenvolvimento do bairro a qualificação e valorização do trabalho e da cultura das comunidades locais.  “Queremos que a população do entorno veja o bairro como uma oportunidade e perspectiva de crescimento e capacitação. É importante valorizar os ativos locais para fortalecê-los e possibilitar que o produto do pescado vire uma mercadoria de crescimento”, ressaltou ele. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário