sábado, 28 de maio de 2016

Porto Digital inaugura espaço físico na UFPE

A Universidade e o parque tecnológico inauguram o Pitch, espaço de incentivo ao empreendedorismo. Este é o primeiro ambiente do Porto Digital no campus


Imagem de Porto Digital inaugura espaço físico na UFPE
Na próxima terça-feira (31), o Porto Digital e o Centro de Informática (CIn) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), inauguram o Pitch - Conexões Empreendedoras, um ambiente de inovação que tem como objetivo reunir estudantes da universidade que tenham, como característica em comum, a vontade de empreender. A cerimônia de abertura está marcada para as 15h e contará com a presença do reitor Anísio Brasileiro, do diretor do CIn, André Santos, e do presidente do Porto Digital, Francisco Saboya. O professor emérito da UFPE, Silvio Meira, também participa com uma palestra sobre a relação da universidade com o mercado de tecnologia.

Na mesma ocasião, o CIn-UFPE e a coordenação de Pesquisa do Centro inauguram também o novo laboratório de pesquisa do CIn ao lado do Pitch, um espaço compartilhado com professores, pesquisadores e alunos para realização das pesquisas científicas no Centro.

O Pitch é o primeiro espaço físico do Porto Digital na UFPE e consolida uma parceria de 15 anos, já que a academia é um dos atores estratégicos na formatação de projetos e ações desenvolvidas pelo parque tecnológico desde a sua fundação. Influenciado pelos ambientes inovadores de coworking, o Pitch está equipado com computadores e mobiliário de design arrojado que permitirá aos estudantes empreendedores trabalhar em grupos, reunir-se ou participar de capacitações e mentorias dentro de um espaço diferente da sala de aula tradicional da universidade.

Para participar, o estudante da UFPE interessado em empreender precisa apenas seguir as políticas de uso do espaço que serão apresentadas pela equipe responsável pelo Pitch. A primeira atividade desse novo ambiente será a realização do Mind the Bizz, um programa de incentivo a novos negócios do Porto Digital.
Para o diretor e professor do CIn-UFPE André Santos, essa parceria torna ainda mais orgânica a relação entre o mercado e os projetos inovadores surgidos no centro. "Estas iniciativas reafirmam a importância da conexão entre alguns de nossos projetos, oriundos de nossas pesquisas ou disciplinas, com o mercado, representado aqui pelo Porto Digital".

O espaço ganhou esse nome após uma série de conversas e reuniões conceituais. “O momento do pitch é bastante conhecido das startups. Presente na maioria das chamadas, editais e concursos para empreendedores, um bom pitch precisa ser decisivo e objetivo: é a hora de mostrar o valor da ideia, do produto e de provar o potencial inovador da proposta. Além disso, o termo em inglês carrega em si outro significado e pode ser entendido como tacada, guinada, impulso. E é este mesmo o espírito do espaço: mercado e academia conectados para alavancar o potencial empreendedor dos estudantes”, explica Francisco Saboya.

CInove e Mind the Bizz

A inauguração desse novo ambiente será marcado pela lançamento oficial do projeto de inovação do CIn-UFPE, o CInove, que tem como objetivo gerar impacto mensurável na forma de transferência de tecnologia e startups baseadas no conhecimento de excelência produzido na universidade. Essa prática posiciona o CIn de forma competitiva no cenário de inovação aberta em conjunto com parceiros privados e públicos. Um exemplo de ação concreta entre o CInove com o parceiro Porto Digital é o novo laboratório Pitch que será um espaço fundamental para desenvolvimento de disciplinas, eventos e desafios focados em inovação e empreendedorismo.

Antes mesmo de receber os primeiros projetos universitários, o Pitch já será ocupado pelas empresas que fazem parte da primeira turma do Mind the Bizz. O programa, com duração de dez semanas, tem como objetivo dar base prática e teórica à empresas que estão em fase inicial de formação. “Ao fim do Mind the Bizz esperamos que os participantes já tenham encaminhados seus modelos de negócios e, ao menos, um esboço de MVP (mínimo produto viável)”, explica Saboya.

No mesmo dia, às 19h30, o programa Mind the Bizz do Porto Digital terá sua primeira aula às 19h30, no Pitch. A metodologia do programa é baseada nos princípios mais usados atualmente na criação de negócios inovadores, como customer development, design thinking e construção de cenários futuros, e foi criada pelo Projeto Cinove, que também é responsável pela formação das primeiras turmas do programa.

O Mind the Bizz é a porta de entrada dos incentivos empreendedores do Porto Digital. “A depender do desempenho no Mind the Bizz poderemos encaminhar essas empresas para outras etapas dos nossos programas, como as incubadoras, a aceleradora ou o Deep Dive, nosso programa de internacionalização. Entre esse primeiro momento, o de ideação e validação, e a ponta final, quando damos base para que as empresas procurem mercados internacionais, o Porto Digital dá suporte a todas as etapas de crescimento de uma startup”, esclarece Francisco Saboya.

Serviço:

Inauguração do Pitch e novo Laboratório de Pesquisa do CIn-UFPE

15h00 – Abertura da solenidade de inauguração pelo diretor do CIn-UFPE, André Santos.
15h10 – Apresentação do Programa de inovação do CIn-UFPE, o CInove, pelo coordenador do projeto, Prof. Cristiano Araújo.
15h30 - Pronunciamento do Porto Digital pelo Presidente do NGPD, Francisco Saboya.
15h40 – Pronunciamento do Reitor da UFPE, Prof. Anísio Brasileiro
16h00 – Palestra sobre “A relação da Academia com o Mercado”, ministrada pelo Prof. Silvio Meira.

Porto Digital

Nenhum comentário:

Postar um comentário