sábado, 7 de maio de 2016

Recantos preservados

Com grandes áreas verdes e diferentes espécies da flora e da fauna locais, os jardins botânicos são espaços que atraem visitantes interessados em contemplar a natureza sem sair da cidade. Selecionamos cinco opções para você passear e esquecer a loucura das grandes metrópoles.

Por Vitória Batistoti

Palmeira imperial aleia 8 Foto Ana Huara

Rio de Janeiro (RJ)
Herança da presença da família real no Brasil, o mais antigo jardim botânico do
País foi inaugurado em 1808. A área de 46 hectares surpreende os visitantes com espécies das floras nacional e internacional. Entre as opções de lazer destacam-se o orquidário e o Museu do Meio Ambiente. Vale a pena ainda se arriscar na trilha histórica de dois quilômetros, com monumentos artísticos e arquitetônicos.
21 3874 1808    jbrj.gov.br

Curitiba (PR)
Marca registrada dos cartões-postais da capital paranaense, seu jardim botânico foi criado na década de 90 à imagem dos jardins franceses. A área verde se estende por mais de 17 hectares e conta com espécies nativas e exóticas da fauna nacional como o pinheiro do Paraná, ícone da região. A famosa
estufa de três abóbadas oferece
uma visão panorâmica do parque.
41 3264 6994    curitiba.pr.gov.br

Belém (PA)
Os 15 hectares do Jardim Zoobotânico Amazônico, também conhecido como Bosque Rodrigues Alves, guardam exemplares de plantas da floresta e abrigam mais de 20 espécies de animais. Chama a atenção o peixe-boi amazônico, maior mamífero de água doce das Américas. Para quem deseja se aventurar, há boas opções de trilhas gratuitas.
91 3277 1112    belem.pa.gov.br/semma/bosque

Brasília (DF)
O Jardim do Cerrado, como também é conhecido, ocupa uma área de impressionantes 500 hectares e conta
com trilhas a serem vencidas a pé ou de bike. O espaço abriga o centro de pesquisa Cerratense, destinado à conservação do bioma – parada obrigatória para contemplar a bela vista da capital federal.
61 3366 5597    jardimbotanico.df.gov.br


Recife (PE)
Área de proteção ambiental e único refúgio de Mata Atlântica na cidade, o espaço tem uma coleção de bromélias, um cactário, um orquidário e um criadouro de abelhas nativas. Ponto especial dos seus 10,7 hectares é o Jardim Sensorial, concebido para que pessoas com deficiência visual descubram
a natureza por meio dos outros sentidos.
81 3355 0002    jardimbotanico.recife.pe.gov.br

Azul

Nenhum comentário:

Postar um comentário