domingo, 15 de maio de 2016

Rio lança passaporte cultural que dará desconto ou gratuidade em 700 atrações

Tomaz Silva/Agência Brasil
Durante apresentação do Passaporte Cultural Rio, o secretário de Cultura, Marcelo Calero, e o prefeito Eduardo Paes entregam os primeiros passaportes às entidades culturaisTomaz Silva/Agência Brasil
A partir de hoje (13), mais de 200 instituições culturais e estabelecimentos no Rio de Janeiro poderão ser visitados gratuitamente ou a preços populares, por meio do Passaporte Cultural Rio, lançado nesta manhã pela Secretaria Municipal de Cultura. Até o fim de setembro, quando terminam o Jogos Paralímpicos Rio 2016, mais de 700 atrações estão previstas na programação do passaporte.

Entre as instituições que integram a parceria estão museus, centros culturais, teatros livrarias, bares e restaurantes. Os brasileiros e estrangeiros residentes no país poderão solicitar gratuitamente o documento na página passaporteculturalrio.com, que também apresenta detalhes das atrações e sugestões de roteiros por regiões e temas. Para os turistas estrangeiros, o passaporte custará R$ 15.

O documento pode ser entregue pelos Correios ou nos postos de distribuição, montados no Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, zona oeste, e na Cinelândia, no centro.
Além das atrações culturais, o passaporte dará desconto de R$ 1,2 no bilhete duplo do metrô nos fins de semana.

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, disse que os descontos serão subsidiados pelo município, mas não soube especificar o valor do repasse. “Abrimos editais de fomento, ampliando as ações culturais na cidade durante a Olimpíada. E será uma oportunidade incrível para que as pessoas vivenciam a cidade no seu máximo”, disse.

O Passaporte Cultural Rio é uma versão ampliada do Passaporte dos Museus Cariocas, lançado em 2015 por ocasião dos 450 anos da cidade.

Edição: Luana Lourenço
Flávia Villela - Repórter da Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário