segunda-feira, 20 de junho de 2016

Governo de Pernambuco reforça SEI com a entrega de mais um Terminal Integrado

  • TI Abreu e Lima

    TI Abreu e Lima vai operar com 11 linhas, atendendo cerca de 40 mil pessoas por dia

    O Sistema de Transporte Público de Passageiros (STPP) da Região Metropolitana do Recife (RMR) ganhou um reforço, nesta quinta-feira (16.06), com a entrega do Terminal Integrado de Abreu e Lima. Localizado às margens da BR-101, o empreendimento recebeu um aporte de R$ 15,4 milhões e espera atender, inicialmente, cerca de 40 mil usuários por dia. A cerimônia de inauguração, comandada pelo governador Paulo Câmara, marcou ainda a mudança operacional de outros seis TIs. O equipamento, que começa a funcionar no próximo sábado (18.06), vai operar com 11 linhas de ônibus e 58 veículos.

    "Apesar do momento difícil que estamos passando, conseguimos priorizar e concluir aquilo que é mais urgente e importante, e que atinge efetivamente a vida das pessoas", pontuou Paulo Câmara conclamando: "E vamos continuar assim, com essa mesma determinação. Eu espero que a população cuide desse equipamento para que ele cumpra seu papel de forma mais organizada e eficiente". O governador reiterou ainda que é um compromisso da sua gestão promover a expansão e modernização do Sistema Estrutural Integrado (SEI), garantindo aos usuários do transporte público o pagamento de apenas uma passagem para se locomoverem por toda RMR.

    Preparado para realizar mais de 700 viagens diariamente, o novo equipamento contará com seis linhas alimentadoras, que transportam os usuários do subúrbio para o terminal; duas interterminais, que ligarão Abreu e Lima aos TIs Igarassu e Pelópidas; uma perimetral, que ligará o TI ao Terminal Integrado da Macaxeira; e duas linhas troncais de BRT, que levarão os passageiros até o Centro do Recife. 

    Ao todo, outros seis TIs passam por mudanças operacionais que vão resultar na redução da distância percorrida e do tempo de deslocamento dos coletivos entre uma viagem e outra. São eles: PE-15, Pelópidas Silveira, Igarassu, Macaxeira, Xambá e Rio Doce. Com a intervenção, a expectativa é de atender um número cada vez maior de pessoas. "No conjunto, podemos considerar esta entrega como uma grande conquista para a região. Somamos hoje um total de 24 terminais no sistema integrado, refletindo positivamente na melhoria do deslocamento de mais de 160 mil passageiros", comemorou o secretário das Cidades, André de Paula.

    De acordo com o presidente do Grande Recife Consórcio de Transportes (GRCT), Francisco Papaléo, todas as mudanças realizadas foram previamente discutidas com as comunidades através da central de relacionamento da instituição. "A operação começa sábado, mas o nosso trabalho vem sendo realizado há muito tempo. Escutamos as demandas da população e buscamos atendê-las da melhor maneira possível. Disponibilizamos 80 orientadores nos seis terminais que se integram ao de Abreu e Lima para informar e tirar as dúvidas dos usuários", declarou o gestor.

    ESTRUTURA - Com 3,6 mil m² de área construída, o terminal contempla três plataformas de embarque e desembarque, lanchonete, banheiros, bilheteria, sala de administração, guarita e ilha de despachante. Projetado dentro dos padrões da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), o TI Abreu e Lima possui piso tátil, que facilita a orientação de pessoas com deficiência visual e visibilidade reduzida, e mecanismos antiderrapantes, para evitar quedas e escorregões. A estrutura conta também com uma passarela que liga o terminal à estação de BRT Abreu e Lima.


    LINHAS DO TI ABREU E LIMA:

    Alimentadoras
    1912 – Caetés I/ TI Abreu e Lima
    1917 – Caetés II/TI Abreu e Lima
    1998 – Caetés III/TI Abreu e Lima
    1984 – Loteamento Bonfim/TI Abreu e Lima
    1988 – Desterro/ TI Abreu e Lima
    1989 – Loteamento Planalto/TI Abreu e Lima

    Interterminal
    1905 – TI Igarassu/TI Abreu e Lima
    1933 – TI Abreu e Lima/TI Pelópidas

    Perimetral
    901 – TI Abreu e Lima/ TI Macaxeira

    Troncais
    1962 – TI Abreu e Lima (PCR) – BRT
    1961 – TI Abreu e Lima (Dantas Barreto) – BRT

    Confira também como ficará a rede dos demais Terminais Integrados com a inauguração do TI Abreu e Lima:

    Terminal Integrado PE-15

    1923 – Cidade Tabajara/TI PE-15
    1986 – TI Rio Doce/TI PE-15
    883 – TI Xambá/TI PE-15
    1940 – TI PE-15 (Circular)
    50 – TI PE-15/Boa Viagem (PCR)
    1913 – TI PE-15/TI Joana Bezerra
    914 – TI PE-15/TI Afogados
    1915 – TI PE-15 (Dantas Barreto) - BRT
    1900 – TI PE-15 (PCR) - BRT
    1970 –TI Pelópidas/ TI PE-15 - BRT

    Terminal Integrado Pelópidas Silveira

    1922 – Pau Amarelo/TI Pelopidas
    1937 – Nobre/TI Pelópidas
    1944 – Loteamento Conceição/TI Pelópidas
    1945 – Jaguarana (Alameda)/TI Pelópidas
    1934 – Arthur Lundgren I/TI Pelópidas
    1941 – Arthur Lundgren II/ TI Pelópidas
    1952 – Maranguape I/TI Pelópidas
    1953 – Maranguape II/ TI Pelópidas
    1955 – Engenho Maranguape/TI Pelópidas
    1931 – Jardim Paulista Baixo/TI Pelópidas
    1932 – Jardim Paulista Alto/TI Pelópidas
    1935 – Paratibe/TI Pelópidas
    1943 – Mirueira/TI Pelópidas
    1958 – Costa Azul/TI Pelópidas
    1970 –TI Pelópidas/TI PE-15 – BRT
    1933 – TI Abreu e Lima/TI Pelópidas
    1906 – TI Pelópidas/TI Macaxeira
    1909 – TI Pelópidas/TI Joana Bezerra
    1976 – TI Pelópidas (PCR) - BRT
    1979 – TI Pelópidas (Dantas Barreto) - BRT

    Terminal Integrado Igarassu

    1903 – Araçoiaba/TI Igarassu
    1968 – Ilha de Itamaracá/TI Igarassu
    1969 – Itapissuma/TI Igarassu
    1918 – TI Igarassu (Circular)
    1964 – TI Igarassu/TI Macaxeira
    1905 – TI Igarassu/TI Abreu e Lima
    1946 – TI Igarassu (PCR) – BRT
    1967 – TI Igarassu (Dantas Barreto)


    Terminal Integrado Rio Doce

    1987 – Rio Doce (Príncipe)
    2920 – Rio Doce/CDU
    1986 – TI Rio Doce/TI PE-15
    1966 – Rio Doce (Circular)
    1981 – Rio Doce (Cde. Boa Vista)
    1983 – Rio Doce (Princesa Isabel)
    930 – Rio Doce/ Dois Irmãos
    910 – Piedade/Rio Doce

    Fotos: Aluisio Moreira/SEI

Nenhum comentário:

Postar um comentário