quarta-feira, 1 de junho de 2016

Itaipu gera 43 milhões de megawatts-hora e bate recorde de produção de energia

A quantidade atenderia à demanda de todo o país por um mês. A abundância de água explica boa parte do aumento da produção

NONATO VIEGAS

Imagem aérea da hidrelétrica de Itaipu (Foto: Amilton Vieira / Editora Globo)
Pela primeira vez em 32 anos de operação da Usina Hidrelétrica de Itaipu, a produção da usina superou a marca dos 43 milhões de megawatts-hora (MWh) nos primeiros cinco meses do ano. 

A energia seria suficiente para abastecer o Brasil inteiro por 30 dias, ou São Paulo por um ano e meio ou, ainda, o Paraguai (sócio na usina) por três anos e meio.

A expectativa é que, até o fim do ano, seja possível produzir 100 milhões de megawatts-hora. O recorde anterior, 98,6 milhões de megawatts-hora, foi alcançado em 2013. 

O número supera – e muito – os 39,5 milhões de megawatts-hora estimados de geração anual da usina de Belo Monte. Com relação ao mesmo período de 2015, o volume é 18% maior.

A binacional atribui o recorde ao fenômeno El Niño, que gerou matéria-prima (água), ao bom estado dos equipamentos e à demanda crescente do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

Época

Nenhum comentário:

Postar um comentário