sábado, 25 de junho de 2016

Item reciclado paga imposto em dobro, dizem especialistas

Share0




Para entidades, produtos feitos com matéria-prima reutilizada deveriam receber incentivo fiscal

Andrea Vialli e Everton Lopes - Folha de S. Paulo

O sistema tributário brasileiro cobra duas vezes de  produtos que usam materiais reciclados em sua composição. Os impostos incidem sobre matéria-prima virgem e, mais tarde, após a reciclagem.

Essa distorção, chamada bitributação, tem sido um obstáculo para a expansão de uma economia baseada no pleno aproveitamento dos materiais nas diversas cadeias produtivas, segundo especialistas que participaram do Fórum Economia Limpa,realizada pela Folha e pela Abralatas (Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alta Reciclabilidade), nos dias 20 e 21, na Unibes Cultural, em São Paulo.

"Todo material reciclado já pagou imposto. O sistema tem muitos tributos indiretos, difíceis de serem tirados da cadeia produtiva. O Brasil é um manicômio tributário", resumiu Milton Rego, presidente-executivo da Associação Brasileira de Alumínio.

Confira aqui a reportagem completa publicada no caderno Seminários Folha - Fórum Economia Limpa.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário