segunda-feira, 13 de junho de 2016

Microsoft comprará LinkedIn por US$ 26 bilhões em dinheiro

O LinkedIn irá manter a sua marca e se tornará parte da divisão de produtividade e processos de negócios da Microsoft



O acordo é visto como vantajoso para as duas partes. Foto: Mambembe Arts & Crafts/Flickr/Reprodução

A Microsoft anunciou nesta segunda-feira que assinou um acordo para adquirir a rede social profissional LinkedIn por US$ 26,2 bilhões pagos em dinheiro.

"A equipe da LinkedIn desenvolveu um negócio fantástico centrado em conectar os profissionais do mundo", afirmou o diretor executivo da Microsoft, Satya Nadella.

"Juntos, podemos acelerar o crescimento do LinkedIn, assim como o do Microsoft Office 365 e Dynamics com o objetivo de fortalecer cada pessoa e organização do planeta".

De acordo com um comunicado conjunto, o LinkedIn vai manter sua "marca, cultura e independência", com Jeff Weiner como diretor executivo.

As duas empresas anunciaram que alcançaram um acordo "definitivo" que será concluído até o fim do ano, com o apoio do presidente e maior acionista do LinkedIn, Reid Hoffman.

O LinkedIn, que permite a seus membros conectar-se e facilita a busca de empregos, tem 433 milhões de usuários no mundo.

AFP - Agence France-Presse

Nenhum comentário:

Postar um comentário