sexta-feira, 3 de junho de 2016

Novo edital para obras de navegabilidade do Capibaribe deve sair em julho

Promessa é de que três, das sete estações previstas, saiam do papel até 2017




Flávio Japa
Canteiros de obras das estações, como do bairro do Derby, estão abandonados

As obras de navegabilidade no rio Capibaribe devem ser retomadas até o mês de outubro. Após a rescisão do contrato com a construtora, um novo edital de licitação deve ser publicado até o início de julho. A promessa é de que, pelo menos, três, das sete estações previstas, saiam do papel até 2017.


Os recursos, na ordem de R$ 250 milhões podem ainda estar passíveis a reajustes. 

Os atrasos em obras de mobilidade na Região Metropolitana foram retomados em audiência pública na Assembleia Legislativa. Os corredores de BRT, com vários pontos em aberto, assim como ciclovias e estudos de tráfego também foram apontados, norteando as discussões. Grande parte dos projetos segue sem data definida.

Os primeiros pontos de embarque e desembarque de passageiros que prometem se tornar realidade ficam localizados nos bairros de Santana, Torre e, ainda, na BR-101. Nesse último, contará com ponte de pedestres e passeio de ciclistas, além de requalificação de calçadas e interligação com as paradas de ônibus da rodovia.

De acordo com a secretária executiva das Cidades, Ana Suassuna, coordenadora do projeto Rios da Gente, alguns entraves ainda têm impedido a fluidez dos projetos. “As palafitas localizadas próximas aos Coelhos inviabilizam a dragagem do trecho e, consequentemente, a integração com o metrô”, defendeu. 


da Folha de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário