quarta-feira, 8 de junho de 2016

Prefeito do Recife entrega 64 moradias em Linha do Tiro

img_alt

Conjunto Residencial Naná Vasconcelos faz parte do PAC Beberibe e contemplou moradores que viviam próximos ao Rio Morno, na Zona Norte da cidade (Foto: Luciano Ferreira/PCR)

As famílias que moravam nas margens do Rio Morno, na Zona Norte do Recife, não precisam se preocupar mais no período de chuva com a cheia do rio. Nesta terça-feira (7), 64 famílias que antes viviam em comunidades em Linha do Tiro, Dois Unidos, Beberibe e Vila Miguel Arraes, realizaram o sonho de ter um lar digno para chamar de “seu”. O prefeito Geraldo Julio entregou pessoalmente cada uma das chaves aos proprietários que agora mudaram de vida e passam a morar no Conjunto Residencial Naná Vasconcelos, em Linha do Tiro, Zona Norte do Recife.

O habitacional faz parte do programa de saneamento integrado PAC Beberibe, conduzido pela Secretaria de Saneamento, e é dividido em dois blocos com 32 apartamentos cada. Os apartamentos possuem 46 m², com dois quartos, sala, cozinha e banheiro. Todos com cerâmica, forro de gesso e paredes já pintadas. Uma quadra também foi construída para o lazer dos moradores. Com um orçamento de R$ 4,2 milhões, o habitacional ainda conta com uma estação de tratamento de esgoto. O local ainda recebeu grafitagem em seus muros com referências a Nana e ao maracatu.

“Aqui a gente continua trabalhando e entregando esses apartamentos que vão mudar a vida das pessoas. São pessoas que realmente precisavam de uma moradia digna, de uma condição melhor de vida. Todos os apartamentos possuem um acabamento bem feito e representa dignidade para as pessoas”, destacou Geraldo. O secretário Alberto Feitosa também participou da entrega das chaves junto com o prefeito.

Desde o inicio da atual gestão, a Prefeitura do Recife já entregou 594 unidades habitacionais distribuídas em seis conjuntos habitacionais localizados nos bairros do Arruda, Fundão, Água Fria, Porto da Madeira e Dois Unidos, além de 36 apartamentos do conjunto do Pilar, em construção no Bairro do Recife.

A gestão também mudou o padrão de qualidade dos apartamentos, que antes eram entregue no tijolo, e agora recebem reboco, pintura, cerâmica nas áreas molhadas e forro de gesso. “É um sonho que estou realizando. Gostei de cada cantinho deste apartamento, que agora é meu. Antigamente eu vivia do lado do rio, alagava tudo e era pequeno. Agora vai ser bem melhor para mim e minha família”, comemorou Flávia Francisca, que morava no Brejo de Beberibe, e foi a primeira a receber as chaves do apartamento 301 do Bloco A, das mãos do prefeito.

Outra que estava bastante feliz em receber foi a merendeira Josicleide Sales de Lima, que revelou que esperava este apartamento há nove anos. “Eu e minhas três filhas estamos muito felizes. O apartamento e todo o prédio estão lindos. Eu vinha aqui direto e acompanhei de perto a obra. A equipe trabalhou muito bem e realizou nosso sonho”, disse.

NANÁ VASCONCELOS – A família de Naná Vasconcelos também participou da solenidade de entrega do habitacional e acompanhou as apresentações culturais que ocorreram no lugar, ao melhor “estilo Naná”. “Estou muito feliz e emocionada em saber que o nome dele ficará gravado aqui na comunidade. Espero ainda que o legado de Naná também seja lembrado aqui na comunidade e sirva de referência para novas inspirações”, lembrou Patrícia Vasconcelos, viúva do músico.

Juvenal de Holanda Vasconcelos, nascido no Recife em 2 de agosto de 1944, teve seu primeiro contato com instrumentos de percussão aos 7 ou 8 anos. Aos 12 anos já se apresentava com seu pai numa banda marcial em bares e participava de grupos de maracatu locais. Aprendeu primeiro a tocar bateria para então tocar berimbau.
Dotado de uma curiosidade intensa, indo da música erudita do brasileiro Villa-Lobos ao roqueiro Jimi Hendrix, Naná aprendeu a tocar praticamente todos os instrumentos de percussão, embora nos anos 1960 tenha se especializado no berimbau.

PAC BEBERIBE - O Programa de Aceleração do Crescimento Beberibe é um projeto de saneamento integrado, desenvolvido pela Secretaria de Saneamento, que visa melhorias na infraestrutura urbana ao longo da bacia do Rio Beberibe. Tanto para condições de moradia, quanto na qualidade ambiental.

Nenhum comentário:

Postar um comentário