sexta-feira, 24 de junho de 2016

“Reino desunido”: Escócia quer fazer novo referendo por independência

O Sinn Féin, partido nacionalista irlandês, também já cobra um referendo na Irlanda do Norte sobre a unificação com a República da Irlanda, que faz parte da União Europeia

Casal se beija em apoia à permanência do Reino Unido na União Europeia
Casal se beija em apoia à permanência do Reino Unido na União Europeia(Hannibal Hanschke/Reuters)
A primeira-ministra escocesa, Nicola Sturgeon, afirmou nesta sexta-feira que a proposta de um referendo sobre a independência de seu país do Reino Unido "está em cima da mesa". A líder do Partido Nacionalista Escocês (SNP) fez campanha pela permanência do Reino Unido na União Europeia (UE) e afirmou que seu país enfrenta a perspectiva de sair do bloco contra a sua vontade - entre os escoceses, o voto pró-Europa venceu com 62%. [Entenda a diferença entre Reino Unido e Grã-Bretanha no box abaixo].

A diferença para o placar nacional - que terminou com a vitória do Brexit (saída britânica) por 52% a 48% - é o incentivo que Nicola precisava para conduzir um segundo plebiscito para decidir sobre a independência da Escócia. Em 2014, os escoceses optaram por permanecer no Reino Unido em um referendo que teve resultado muito apertado: 55,3% contra 44,7%. A primeira-ministra disse que o segundo referendo pela independência escocesa é "altamente provável".

"A Inglaterra, País de Gales e Irlanda do Norte permaneceriam amigos da Escócia", afirmou ela, reafirmando que vai tomar "todas as medidas possíveis" para garantir o lugar da Escócia na União Europeia.

Irlandas - A população da Irlanda do Norte, com 55,7% dos votos, também optou por ficar na UE e o resultado final adverso já fomenta anseios independentistas latentes. O partido nacionalista Sinn Féin ('nós mesmos', em gaélico) defendeu nesta sexta uma votação na Irlanda do Norte sobre a unificação com a República da Irlanda, que faz parte da UE.

Infográfico

Reino Unido pode desmantelar a União Europeia; saiba como ela nasceu

"Temos uma situação em que o Norte vai ser arrastado para fora da União Europeia devido a uma votação na Inglaterra. O Sinn Féin vai fortalecer o seu pedido, sua exigência de longa data, para uma votação sobre a unificação", afirmou Declan Kearney, presidente do partido, antigo braço político do IRA (movimento separatista irlandês responsável por vários atos terroristas).
(Da redação)
arte - diferença entre Reino Unido / Grã Bretanha / Inglaterra
(VEJA.com/VEJA)

Veja

Nenhum comentário:

Postar um comentário