quinta-feira, 30 de junho de 2016

Riacho das Almas em Pernambuco ganha 500 cisternas

Para minimizar os efeitos da estiagem, o governador Paulo Câmara autorizou, ontem, a construção de 500 cisternas em 37 comunidades rurais de Riacho das Almas, no Agreste. 

O investimento de R$ 1,4 milhão vai beneficiar 2,5 mil pessoas na localidade. 

Realizada em etapas, a obra será concluída em dezembro e permitirá o armazenamento de água para o consumo humano, reduzindo o intervalo no abastecimento na região. Na ocasião, o chefe do Executivo estadual reiterou o compromisso com a universalização da água.

"No mês passado, nós autorizamos o início da obra que vai levar água da Barragem de Pirangi, localizada na Mata Sul, para o Agreste. Essa etapa será entregue até o final do ano e vai ser um grande alivio para a região. As cisternas autorizadas hoje reforçam o nosso compromisso de buscar mecanismos de diminuir as dificuldades que vocês atravessam", afirmou o governador, que, na ocasião, entregou mais um dessalinizador para os moradores de Riacho das Almas.

No ato que oficializou a iniciativa, Paulo ainda autorizou o início de novas obras e entregou intervenções financiadas pela edição 2013 do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM). Nesse plano de trabalho, constou a construção do canal no bairro das Salinas e a pavimentação de ruas, no valor de R$ 843 mil. "Estamos determinados a continuar investindo na qualidade de vida dos pernambucanos", frisou Paulo.

O secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota, destacou a importância de reforçar o abastecimento de água da região. O auxiliar do governador Paulo Câmara pontuou que o Nordeste está no quinto ano de seca. "Estamos atuando em diversas frentes para minimizar os transtornos causados pela estiagem", afirmou o secretário, adiantando que na próxima semana fará a entrega de uma nova perfuratriz de poços para o município. "A nossa intenção é garantir o recurso para a população", completou.

Complementando as palavras do colega da administração estadual, o secretário de Planejamento e Gestão, Márcio Stefanni, afirmou que as parcerias com os municípios vão continuar. "O governador Paulo Câmara tem pedido a sua equipe que olhe pelos municípios e que continue movimentando a economia, através do FEM e de outras obras", revelou o titular da pasta que coordena a distribuição do fundo.

A dona de casa Maria do Socorro estava confiante com a instalação das cisternas e com a notícia da perfuração de novos poços na comunidade de Nova Esperança. "Sabemos das dificuldades com a questão da água, mas é possível ver o trabalho do Estado para reduzir o nosso sofrimento", disse Maria, que mora com o marido e duas filhas em idade escolar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário