sábado, 11 de junho de 2016

Rússia lança avião para "brigar" com Airbus e Boeing

A Irkut Corporation, fabricante membro da United Aircraft Corporation, trouxe a público o novo avião russo: o MC-21. Trata-se da primeira aeronave de médio alcance desenvolvida desde o fim da União Soviética, em 1991.

Atualmente programada para voos teste, o modelo promete fazer frente às duas maiores fabricantes do mundo, Airbus e Boeing (B737 e A320). O diferencial do MC-21, segundo a empresa, está em palavras: conforto, conforto e conforto.

Embora sem detalhes técnicos, o jato tem ampla fuselagem que traz maior espaço para os passageiros e a tripulação. A empresa garante que os corredores amplos permitem que os viajantes se locomovam tranquilamente, até mesmo durante o serviço de cabine.
Divulgação/Irkut
O conceito de maior conforto e espaço é representado por esse simpático consumidor

O conforto não existe apenas para o passageiro. A companhia russa projetou um maior compartimento de bagagem para o MC-21, possibilitando comportar objetos maiores, como malas de roda (609 x 457 x 254 milímetros). Outra facilidade são as janelas com tamanho similar de uma aeronave de fuselagem larga.

A empresa informou que planeja duas versões: o MC-21-200, com capacidade entre 132 e 165 assentos, e MC-21-300, de 163 lugares a 211 lugares, dependendo da configuração. O alcance de voo do jato é de 600 quilômetros a mais do que a concorrência, segundo a Irkut.

A empresa avalia ter 175 pedidos firmes de aeronaves, sendo sua principal cliente a Aeroflot, companhia aérea russa. Estima-se o menor modelo do MC-21 custe a bagatela de US$ 35 milhões – o A320neo, por exemplo, tem o preço médio de US$ 107,3 milhões e o B737 MAX 8 custa aproximadamente US$ 110 milhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário