quinta-feira, 14 de julho de 2016

Avenida Recife ganha Faixa Azul na segunda-feira

Será o sexto equipamento do Recife

Avenida Recife começa a ser preparada para receber a sexta Faixa Azul da cidade. Fotos: Ashley Melo/JC Imagem
Avenida Recife começa a ser preparada para receber a sexta Faixa Azul da cidade. Fotos: Ashley Melo/JC Imagem

Passageiros do transporte coletivo por ônibus podem comemorar porque na próxima segunda-feira (18/7) entra em operação a sexta Faixa Azul da capital nos dois sentidos da Avenida Recife, principal corredor viário de ligação entre as Zonas Sul e Oeste da cidade e uma das vias de entrada e saída do município. Ela será pequena – terá apenas 3,6 quilômetros somando as duas direções –, mas chega com a promessa de aumentar a velocidade comercial das 29 linhas de ônibus que circulam no trecho em pelo menos 25%. Com o novo equipamento, o Recife passará a ter 32,7 quilômetros de Faixas Azuis para os coletivos.
Expectativa é de o ganho de velocidade para os ônibus chegue a 25%”,
Taciana Ferreira, da CTTU

O impacto direto é esperado para os passageiros que hoje utilizam o Terminal Integrado Tancredo Neves porque irá agilizar a viagem especialmente das linhas que se dirigem a bairros como o Ibura e costumam ficar presas no pesado tráfego da Avenida Recife, com 55 mil veículos circulando por dia. A nova Faixa Azul, nome recifense para o sistema de BRS (Bus Rapid Service), comum desde 2011 em cidades como o Rio de Janeiro e São Paulo, terá apenas 1,8 quilômetro em cada sentido da Avenida Recife, começando na Rua Gonçalves Magalhães (primeira rua após a descida do Viaduto Tancredo Neves, sentido Boa Viagem–Ipsep) e terminando na Avenida Dom Hélder Câmara (acesso ao Ibura).







JC-CID0714_FAIXAAZUL_web1

Taciana Ferreira, presidente da Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) e responsável pela implantação da sexta Faixa Azul recifense, explica o motivo de o equipamento não ser prolongado por toda a extensão da Avenida Recife. “Vimos que não havia necessidade de ampliar a extensão porque o número de linhas de ônibus beneficiadas era muito pouco. Das 29 linhas que circulam na área, apenas três ultrapassam o trecho delimitado para a implantação da Faixa Azul. As outras 26 linhas deixam a Avenida Recife a partir da Avenida Dom Hélder Câmara”, argumentou. As três linhas que seguirão pela Avenida Recife sem faixa exclusiva, entretanto, têm alta demanda de passageiros: CDU/Caxangá/Boa Viagem, CDU/Boa Viagem/Caxangá e TI Tancredo Neves/TI Macaxeira. São aproximadamente 50 mil usuários por dia.

Faixaazul_Ashley

Com a implantação do equipamento, os veículos particulares perderão uma faixa em cada uma das pistas da Avenida Recife. Ou seja, terão quatro faixas para circular, enquanto o ônibus ficará com duas. Mesmo assim, temendo provocar retenções no trânsito, a CTTU está requalificando a circulação viária nas ruas no entorno do corredor, no bairro do Ipsep. A Rua Hélio Brandão, paralela à Avenida Recife, deixará de ser mão dupla e terá sentido único na direção do subúrbio. A ideia é que os veículos a utilizem como rota alternativa a partir da Rua Saldanha Marinho (a última rua antes da Jean Emile Favre), entrando em seguida à esquerda na Rua Costa e Silva e seguindo pela Rua Hélio Brandão até retornar à Avenida Recife. Semáforos estão sendo instalados na área, assim como uma nova sinalização de trânsito indicando o sentido de tráfego e a proibição de estacionamento.
Assim como as quatro das cinco Faixas Azuis implantadas na cidade, a da Avenida Recife não terá fiscalização eletrônica por enquanto. O município não tem recursos. Apenas os equipamentos da Avenida Mascarenhas de Moraes, na Imbiribeira – o primeiro a ser implantado na cidade – e da Avenida Herculano Bandeira, no Pina, têm câmeras de monitoramento. A implantação das Faixas Azuis na capital começou no fim de 2013. Atualmente, a ação beneficia 500 mil passageiros nos corredores das Avenidas Mascarenhas de Moraes, Domingos Ferreira e Conselheiro Aguiar, além das Ruas Cosme Viana e Real da Torre. Os ganhos de velocidade dos ônibus ultrapassam 60%.

Faixa Azul da Avenida Mascarenhas de Moraes foi a primeira a ser implantada, em 2013
Faixa Azul da Avenida Mascarenhas de Moraes foi a primeira a ser implantada, em 2013

De Olho no Trânsito - JC

Nenhum comentário:

Postar um comentário