quarta-feira, 20 de julho de 2016

Campanha de sócio é a chance do Sport Recife enfraquecer a Jovem de vez

torcida_sport2606_770

Leão lançou campanha de acesso livre para sócios do clube. Foto: Guga Matos/JC Imagem

Autor: Thiago Wagner

Lançada nessa terça-feira pela direção de marketing do Sport, a campanha de sócios, que dá livre acesso para o sócio-torcedor na arquibancada da sede, é a oportunidade ideal para o Leão tirar de vez a Jovem da Ilha do Retiro. Isso porque o espaço destinado aos sócios será justamente onde a organizada costumava ficar.

Aí alguém pode chegar e afirmar que nada impede que a organizada se associe no programa, que custa R$ 28,50, e vá aos jogos. De fato nada impede. Contudo, convém destacar que com a associação, o Sport tem maior controle sobre quem entra e quem sai do seu estádio. Ser sócio não é apenas pagar mensalidade, significa ter cadastro fixo nas mãos do clube. Com os dados dos torcedores em mãos, os rubro-negros podem agir em casos de violência e punir quem causar problemas.

A medida torna-se efetiva e um exemplo para autoridades pernambucanas, que convivem há anos com os casos de violência no futebol e não conseguem resolver. Não acaba por completo com todos os problemas em dias de jogos, até porque o Sport não pode controlar o que ocorre fora de suas dependências, mas ao tirar de vez a Jovem de suas arquibancadas enfraquece a organizada, que pode ter as pessoas de bem, mas que historicamente traz muitos mais problemas do que benefícios.

Claro que a direção leonina não expôs isso na campanha, até porque entrar nesse mérito não cabe em um programa de sócios. Mas não restam dúvidas que o fato do local ser o da Jovem pesou na hora de escolher o setor do estádio para receber o acesso livre dos associados. Lembrando que o presidente João Humberto Martorelli nunca escondeu sua opinião sobre a organizada, com quem rompeu desde o início do seu mandato.

No fim das contas, a iniciativa une o útil ao agradável. O Sport consegue tirar a Jovem do estádio e ainda acolhe bem o sócio com um projeto alia viabilidade financeira e preenchimento das arquibancadas. Cabe agora ao torcedor responder isso se associando. Dessa vez, o clube fez sua parte e muito bem feita, diga-se de passagem.

Blog do Torcedor - JC

Nenhum comentário:

Postar um comentário