terça-feira, 19 de julho de 2016

Cesar pode ter cursos técnicos no Recife

Credenciamento da faculdade do Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife foi homologado pelo MEC



Além das graduações em Ciências da Computação e Design, o Centro de Estudos e Sistemas 

Avançados do Recife (Cesar) também poderá oferecer cursos técnicos. A informação foi repassada pelo ministro da Educação, Mendonça Filho, que declarou intensão de ampliar a parceria da pasta federal com a instituição. A decisão do Cesar, segundo o ministro, é um reforço para o polo tecnológico do Recife, com a formação de recursos humanos. Os cursos oferecidos pelo centro devem alimentar a demanda de profissionais qualificados das empresas do Porto Digital. O credenciamento da Faculdade Cesar Educação foi homologado pelo MEC nesta segunda-feira (18).

As aulas devem começar em 2018 e, a partir de 2022, cem formandos devem ser lançados ao mercado de trabalho. Mendonça adiantou que a instituição poderá se habilitar junto ao MEC para ter acesso aos programas educacionais da pasta, como o Prouni e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). “Existem esses dois caminhos básicos que possibilitam o acesso dos alunos de baixa renda às universidades. Acredito que não será diferente com a Faculdade Cesar. Estaremos abertos para disponibilizar esses programas”, afirmou o ministro. Ele ainda destacou quais são os resultados que o MEC espera do novo estabelecimento de Ensino Superior, não só para o Recife, mas para Pernambuco.

“É uma faculdade com quadro de professores de alto nível e com uma excelente estrutura, ligando diretamente a uma base de formação pessoal dentro de atividades relacionados ao próprio centro, que fomenta a criação de empresas na área de Tecnologia da Informação (TI)”, ressaltou Mendonça. Ainda de acordo com ele, o aluno que se matricular na instituição unirá estudo e trabalho. “Ele estará aqui aprendendo dentro da faculdade e, ao mesmo tempo, trabalhando no ambiente de negócios já veiculados ao curso, o que vai garantir ao estudante outro potencial de aprendizado dentro desse ambiente educacional e de negócios”, finalizou o ministro.


Leo Motta/Folha de Pernambuco
Faculdade começa a funcionar em 2018, na Rua do Brum, no Bairro do Recife

Funcionamento
Superintendente do Cesar e diretor geral da instituição, Sérgio Cavalcanti explicou que a faculdade funcionará nos períodos da manhã (Design) e da noite (Ciências da Computação). “No período da tarde, os alunos se encontrarão. A ideia é promover essa junção entre os alunos para realizarem tarefas específicas”, comentou Cavalcanti, acrescentando que essas atividades já são realizadas nos mestrados profissionais de Engenharia de Software e Design de Artefatos Digitais. “Pegamos problemas das empresas que eles trazem, o pessoal de Design trabalha e conversa com os estudantes de Engenharia para que consigam resolver as adversidades”, esclareceu.


Para Cavalcanti, nos cursos de graduação não será diferente. Um curso, o de Design, será mais focado em encontrar e caracterizar problemas e buscar soluções. Já o outro, Ciências da Computação, buscará desenvolver soluções de forma que seja possível dentro da tecnologia.

Raquelle Wacemberg, da Folha de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário