sexta-feira, 15 de julho de 2016

Conheça um pouco a história da Igreja de Santa Isabel, cartão postal da cidade do Paulista

Igreja de Santa Isabel. Foto: Prefeitura do Paulista

Entre os anos de 1946 e 1950, os Lundgren, em homenagem à matriarca da família, D. Elizabeth Lundgren, construíram uma igreja que deveria ter o nome de Santa Elisabeth Regina. Entretanto, como não existe santa católica com este nome, o templo foi dedicado a Santa Isabel – Rainha de Portugal. 

A Igreja, que fica no centro da cidade do Paulista, teve sua pedra fundamental lançada em 13 de janeiro de 1946 com a presença do Arcebispo D. Miguel de Lima Valverde. 

A inauguração aconteceu em 29 de junho de 1950 com procissão e missa concelebrada pelo bispo arquidiocesano.

O templo tem 60m de altura, estilo eclético (romano, neoclássico, neogótico) e foi todo edificado com tijolo aparente. Possui três portas e uma única torre sineira no centro do seu frontão, duas tribunas e um coro, nave única e arcadas com janelas em vitrais. Seu altar-mor é simples, ladeado por dois altares laterais. No altar do arco-cruzeiro se vê a inscrição: Santa Elisabeth Regina.

A pintura de fundo dos altares é do artista plástico Hildebrando Eugênio, que também é autor da bandeira da cidade do Paulista. As imagens, que fazem parte desses altares, são doações de comerciantes, operários, devotos e da família Lundgren. 

As janelas, originalmente em vitrais, foram restauradas em 1988 pelo Pe. Geraldo Leite. Atualmente, devido ao tempo, se desgastaram e foram substituídas por basculantes. Sob a responsabilidade dos operários marceneiros da Fábrica Arthur Lundgren ficou a confecção das portas da Igreja.

Hoje a Igreja de Santa Isabel é considerada Imóvel Especial de Preservação e patrimônio dos paulistenses. Por sua expressão, dimensão histórica e evidente relação com a memória e identidade da população do Paulista, foi escolhida, em 2008, como o principal cartão-postal da cidade.

Fonte: site Prefeitura Municipal de Paulista – PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário