sexta-feira, 1 de julho de 2016

Ônibus vai deixar de aceitar dinheiro para tentar inibir assaltantes em Pernambuco

Projeto experimental em uma linha de coletivos entra em vigor segunda (4).
Serão aceitos vales de trabalhadores e estudantes; não haverá cobrador.

Suspeitos de assalto a ônibus foram presos em Afogados, Zona Sul do Recife (Foto: Renato Ramos/TV Globo)

Suspeitos de assalto a ônibus foram presos em Afogados, Zona Sul do Recife (Foto: Renato Ramos/TV Globo)

O Grande Recife Consórcio e o sindicato das empresas de ônibus (Urbana–PE) lançam na segunda-feira (4) um projeto experimental para tentar reduzir o alto índice de assaltos aos coletivos. Pela primeira vez na Região Metropolitana, veículos de uma linha vão aceitar apenas passageiros que usam vale transporte. Também não haverá cobrador. A ideia é evitar o acúmulo de dinheiro e inibir a ação dos bandidos.

De acordo com levantamento feito pela Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS), de janeiro a  maio deste ano, foram contabilizados 451assaltos a ônibus no Grande Recife. Isso representa um aumento de 42% em relação ao mesmo período do ano passado. O Recife é o líder no ranking de ações criminosas registradas, com 51% do total de notificações oficiais. Foram, ao todo, 213 ocorrências. Uma média de 43 casos por mês.

O projeto experimental do Grande Recife Consórcio vai começar na Linha que leva passageiros do Terminal Integrado Abreu e Lima, no Grande Recife, para o TI Macaxeira. São oito veículos.
O Consórcio alerta que serão aceitos os cartões VEM Trabalhador, VEM Estudante, Livre Acesso e Comum. Para  quem costuma fazer o  pagamento em dinheiro, o Grande Recife solicita que a compra do VEM Comum, nos coletivos

O Consórcio destaca, ainda, que foi mantido um entendimento com a empresa operadora e firmado um compromisso para que cem por cento desses profissionais sejam remanejados e capacitados para outras funções, como motorista ou despachante.

Medo nas ruas

Esta semana, dois assaltos a ônibus chamaram a atenção no Grande Recife. Em um deles,  dois passageiros foram baleados. O caso aconteceu na tarde de quarta-feira (29), no Curado I, perto do Residencial Guararapes, na Zona Oeste do Recife.


Segundo informações de testemunhas, após recolher objetos dos passageiros, o ladrão efetuou disparos. Uma mulher foi atingida de raspão na barriga. Recebeu os primeiros socorros e seguiu para o Hospital Pelópidas Silveira, na Zona Oeste do Recife. Passando bem, acabou liberada.
Um homem, outro ferido, também seguiu para o Pelóipidas Silveira e teve que ser transferido para o Hospital Getúlio Vargas, na mesma região da cidade. O bandido, de acordo com as testemunhas, conseguiu escapar.

Horas depois, a Polícia Militar prendeu quatro adolescentes e um jovem de 18 anos, nas proximidades do Largo da Paz, no bairro de Afogados, na Zona Sul do RecifeEles eram suspeitos de assaltos a ônibus. Durante a abordagem, os policiais encontraram uma arma de fogo.
Testemunhas relataram no local que os suspeitos chegaram a entrar no ônibus, mas que o motorista desconfiou do grupo e conseguiu avisar à polícia. Segundo a PM, o grupo estava planejando o crime quando foi preso. Os cinco foram encaminhados para a Delegacia de Polícia de Crimes Contra a Criança e o Adolescente, no bairro da Boa Vista, região central da capital.

Medidas

A SDS informou que houve aumento no número de abordagens, sobretudo, à noite, para coibir os assaltos Segundo a secretaria, de janeiro a maio, realizadas 11.912 abordagens, resultando na apreensão de seis armas de fogo, três armas brancas e 24 pessoas encaminhadas à delegacia.


Do G1 PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário