sexta-feira, 8 de julho de 2016

Para reverter prejuízo, Felipe Carreras promete jogos dos três times locais na Arena de Pernambuco

Foto: reprodução do Facebook

Mesmo com aumento de receita e redução de custos, além de R$ 50 milhões em aportes do governo estadual, a Arena Pernambuco terminou com prejuízo de R$ 10 milhões no ano passado. 

Para reverter o resultado negativo, o secretário de Turismo, Esportes e Lazer, Felipe Carreras, prometeu que os três times locais – Náutico, Santa Cruz e Sport – passarão a jogar no estádio. 

A pasta assumiu a administração do empreendimento construído para a Copa do Mundo há um mês, após rompimento do contrato com a Odebrecht. “Vamos celebrar parcerias e dar nova dinâmica para mudar esse prejuízo”, garantiu Carreras.

demonstrativo-arenape

demonstrativo-arenape4

Para tentar amenizar o prejuízo da Arena Pernambuco, Carreras afirmou que diminuiu ainda mais os custos. Se entre 2014 e 2015 passou de R$ 45,8 mil para 26,7 mil, o secretário frisou que agora foi de aproximadamente R$ 2,5 milhões por mês para R$ 1 milhão. 

Os principais custos do estádio em 2015 foram com depreciação e amortização, limpeza e manutenção e para o pagamento de funcionários.

O prejuízo do ano passado foi influenciado por despesas comerciais de R$ 15.950.000, entre perdas com clientes (R$ 3.596.000) e Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa (R$ 12.354.000). Essas despesas não existiam no período anterior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário