sexta-feira, 1 de julho de 2016

Projeto da Beira-Rio estará pronto para licitar até agosto, segundo prefeitura do Recife

Obra deverá ser executada em dez meses

Edifícios que avançaram em área não edificantes dificultam o projeto / Bernardo Soares/JC Imagem
Edifícios que avançaram em área não edificantes dificultam o projeto
Bernardo Soares/JC Imagem

Margarette Andrea

Até agosto, o projeto de construção de 860 metros da Avenida Beira-Rio, nas Graças, deve estar pronto para ser licitado. A previsão é do secretário-executivo de unidades protegidas da Secretaria de Meio Ambiente, Romero Pereira. Segundo ele, algumas documentações solicitadas pela CEF serão entregues na próxima semana e a instituição terá 40 dias para reanálise. Uma vez concluída a licitação, a obra terá prazo de conclusão de dez meses.


“Devemos apresentar à CEF planilhas com correções, é tudo muito minucioso porque a obra traz soluções novas, como piso drenante nos passeios, que não tem tabela e exige três cotações”, explica Romero. “Não queremos correr o risco de lançar edital sem todas as correções aprovadas, pois qualquer mudança sairá dos recursos da prefeitura.”

Como o projeto atual está estimado em metade da proposta aprovada em 2014, o objetivo do município é poder usar os R$ 27 milhões restantes em outra etapa do Parque Capibaribe. “Tivemos uma conversa informal sobre o assunto no Ministério das Cidades e há uma sinalização positiva, mas só quando o orçamento da beira-rio for fechado poderemos oficializar a solicitação.” O prazo para utilização dos recursos venceria este mês, mas foi aditado por mais um ano.

Conforme o secretário, pela nova proposta não será mais necessário nenhuma desapropriação, apenas ajustes nas áreas dos edifícios que avançaram em áreas não edificantes. “Em um trecho pequeno também vamos fazer uma passarela sobre as águas. O ideal, na minha avaliação, é que os edifícios não deveriam ter sido aprovados, mas não vamos derrubar um prédio de 30 andares a essa altura.”

Quando o trecho da beira-rio estiver pronto, a Avenida Rui Barbosa deve ter um pequeno alívio. “O bairro das Graças vai ganhar uma entrada e uma saída nova. Quem for para a Zona Norte sairá direto na Ponte do Capunga, mas o alívio é para o trânsito local, inclusive a pista será nivelada com o passeio.”

A assessoria da CEF confirmou que aguarda pendências da prefeitura para concluir o processo de análise.

NE10

Nenhum comentário:

Postar um comentário