sábado, 2 de julho de 2016

Recife é palco de projeto do Facebook para empoderar mulheres empreendedoras

O crescimento do empreendedorismo no Nordeste e o ganho de espaço das mulheres foi o que levou à escolha do Recife para o lançamento do projeto nacional



Zica Assis desenvolveu um produto para cabelos crespos que faz sucesso nos seus 45 salões. Foto: Divulgação
Zica Assis, 55, é carioca. Aos nove anos cortou o cabelo black power que tanto gostava, por exigência da família para a qual trabalharia como babá a partir dali. Durante 10 anos, apesar da descrença e da falta de apoio dos patrões e apenas com um curso de cabedeleira na bagagem testou, sozinha, uma fórmula que cuidasse verdadeiramente dos cabelos, como os seus, crespos. Mais de 20 anos depois, a fórmula criada pela carioca é um sucesso e sua rede de salões de beleza conta com 45 unidades. Nesta sexta-feira a história de Zica, contada por ela mesma, inspirou e emocionou 300 mulheres que participaram do lançamento do projeto #ElaFazHistória, que quer emponderar mulheres empreendedoras de todo o país. Recife foi a cidade escolhida para o lançamento da – proposta pelo Facebook e pelo Instagram – que ainda capacitará mulheres de Porto Alegre, Belém, Brasília e São Paulo

O crescimento do empreendedorismo no Nordeste e o ganho de espaço das mulheres foi o que levou à escolha do Recife para o lançamento do projeto nacional, que conta com a parceria das organizações Think Olga, ONU Mulher, Rede Mulher Empreendedora, Escola de Você e ConnectAmericas. “Recife é a capital mais empreendedora do Nordeste”, explicou a diretora de empreendedorismo do Facebook, Camila Fusco, que abriu o evento. Para ela, mais do que a capacitação promovida com as oficinas, o encontro ajuda a interligar mulheres, a criação de uma rede de apoio. “As dicas aqui não são só de como abrir um empreendimento ou crescer economicamente, mas de crescimento como um todo e essa rede ajuda muito nesse sentido. Essa ideia de conectar as pessoas cada vez mais é a filosofia do Facebook”, comentou. 


Camila Fusco é diretora de empreendedorismo do Facebook. Foto: Divulgação

A possibilidade de encontrar e trocar ideia com outras mulheres, também foi o grande ganho do evento para Iris de Cássia Correia. Fundadora e presidenta da Rede Ela de Empreendedoras, ela classifica o encontro como uma “oportunidade única”. “É um momento que nos fortalece muito, porque vemos mulheres que passaram por muitas cosias e não desistiram, permaneceram lá”, contou. 

“Elas se identificam porque também é a histórias delas, de muitas. E quando elas conhecem a história de alguém que chegou lá, com muita luta, como eu cheguei, elas param e dizem a elas mesmas: eu quero, eu posso, eu consigo”, avaliou Zica Assis. 

Além de Zica, a programação contou com palestras com outras mulheres, como a apresentadora e empreendedora Ana Paula Padrão e a criadora do grupo Mulheres Investidoras Anjo, Camila Farani. Ao término das apresentações, as inscritas participaram de oficinas de capacitação, sobre empreendedorismo, liderança e autoconhecimento.

Além da capacitação, o projeto conta com outros dois pilares: conscientização e celebração. A hashtag #ElaFazHistória está sendo usada para homenagear mulheres que servem de inspiração para outras, sejam empreendedoras ou não. Um portal faz parte da estratégia de celebração e reúne e propaga as histórias compartilhadas.  fb.me/elafazhistoria

Em agosto é a vez de Porto Alegre receber os workshops, que depois também acontecem em Belém, Brasília e São Paulo. 

Por: Maira Baracho - Diario de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário