quinta-feira, 7 de julho de 2016

Taverna Suíça de Gravatá celebra 48 anos

  • O restaurante Taverna Suíça faz parte da história da gastronomia em Pernambuco. Foto: Leo Motta/Folha PE

    Em agosto deste ano, o Taverna Suíça, localizado em Gravatá, agreste pernambucano, celebra 48 anos. E para comemorar este marco, na tarde desta quarta-feira (6), o espano suíço José Truan - empresário do ramo hoteleiro e gastronômico desde 1950 - recebeu a imprensa e convidados em um almoço especial em seu renomado restaurante.

    O Taverna Suíça, que passou os últimos seis anos arrendado, é um verdadeiro patrimônio de Gravatá. Com estilo arquitetônico rústico-suíço e o friozinho típico da região, que dá ares europeus ao local, a casa foi responsável por colocar a cidade na rota do turismo de Pernambuco. De volta ao Brasil, depois de um período morando fora para cuidar da saúde, o Sr. José, que tem 96 anos, e a sua esposa, Madalena, passam o bastão para os netos Henry e Joe. “Meu avó passou seis anos na Suíça, cuidando da sua saúde, mas não aguentou a saudade que sentiu e voltou”, confidenciou Joe. A terceira geração da família Truan está, agora, à frente do famoso estabelecimento.

    Sr. José Truan e sua esposa, Madalena, ladeados pelos netos, Joe e Henry, a terceira geração da família Truan, que está na nova administração do restaurante. Foto: Leo Motta/Folha PE

    Especula-se até que o Taverna Suíça seja o pioneiro em fondue no País, seu registro vem antes mesmo dos restaurantes do Sul e Sudeste. Enquanto a pesquisa não é confirmada, a casa segue servindo os pratos típicos suíços, adaptados ao paladar do brasileiro e novos pratos, como “fondue de doce de leite”, sem deixar de preservar a tradição com o fondue bourguignonne, de queijo gruyere e o de carne. As novidades foram apresentadas à imprensa onde foi apresentado o novo cardápio da casa. Confira os cliques:

    A arquitetura e ambiente aconchegante remetem à Europa. Foto: Leo Motta/Folha PE
    O Taverna Suíça tem espaço para 170 lugares e é pioneiro em fondue no Brasil. Foto: Leo Motta/Folha PE
    Entrada: foram servidos um Tartare de filé com carpaccio picadinho, flambado no vinagrete de alcaparras e tomates secos, acompanhados de torradas na manteiga e ervas, além do prato de frios. Foto: Leo Motta/Folha PE
    Fondue doce: chocolate branco e o tradicional preto, que podem ser servidos com frutas ou biscoitos. Foto: Leo Motta/Folha PE
    O clássico fondue de queijo, a prata da casa. Foto: Leo Motta/Folha PE
Folha PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário