sexta-feira, 15 de julho de 2016

TRE-PE inaugurou em Olinda a 113° Zona Eleitoral

TRE-PE - Inauguração 113ª ZE Olinda


O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco realizou, nesta quarta-feira (13), a cerimônia de inauguração da mais nova zona eleitoral de Olinda, a 113ª ZE. Estavam no evento o presidente do TRE-PE, desembargador Antônio Carlos Alves da Silva; o assessor-chefe da presidência, Henrique Melo; a diretora-geral do TRE-PE, Isabela Landim; o corregedor do TRE-PE, Paulo Victor; e o desembargador do TRE-PE, Henrique Dias.

Estavam presentes também a juíza eleitoral do cartório da 113ª ZE, Eliane Ferraz Guimarães, a chefe do cartório da 113° ZE, Milena Adalgiza; o secretário de orçamento e finanças do TRE-PE, Maurício Alexandre; e a secretária de administração do TRE-PE, Inês Martins, além do chefe de cartório da 117ª ZE, Eduardo Lucas; a juíza eleitoral da 117ª ZE, Luciana Maranhão; e a juíza de direito do Fórum de Olinda, Maria Cristina.

A 113ª ZE foi remanejada do município de Poção, interior de Pernambuco, cujo eleitorado foi incorporado a 55ª zona eleitoral, do município de pesqueira. A nova zona eleitoral inaugurada em Olinda tem 208 seções, 31 locais de votação e 59.214 mil eleitores, abrangendo os seguintes bairros: Águas Compridas, Aguazinha, Alto da Bondade, Alto da Conquista, Alto do Sol Nascente, Alto Jardim Conquista, Caixa d’Água, Passarinho, São Benedito e Sapucaia. A partir de agora, Olinda conta com quatro zonas eleitorais, a 10ª, 100ª, 113ª e a 117ª.

“É a terceira vez que estou assumindo a função de juíza eleitoral em Olinda. Não é um trabalho fácil, porque estamos inaugurando essa zona nas vésperas da eleição. Mas, com toda a experiência que tenho, junto com a de outros servidores, sei que vamos fazer uma ótima e tranquila eleição. Prometo que farei o meu melhor”, declara a juíza eleitoral, Eliane Ferraz.

A medida faz parte do rezoneamento que o TRE-PE está realizando no Estado. Além de Olinda, os municípios de Recife, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe, Paulista e Garanhuns também sofreram mudanças, visto que, o TSE determinou que as zonas eleitorais com menos de 10 mil eleitores fossem extintas. O objetivo é de haver uma melhor redistribuição do eleitorado nos municípios, contribuindo assim, para um processo de votação mais ágil.

Fonte: Imprensa TRE PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário